Centro de Lançamento de Alcântara Sedia Reunião do Ministério da Defesa

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (10/04) no site do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) destacando que o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) está sediando desde o dia 09/04 reunião do Ministério da Defesa.

Duda Falcão

Centro de Lançamento de Alcântara
Sedia Reunião do Ministério da Defesa

CLA
10/04/2014

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) realiza desde ontem (09/04) a 13ª Reunião sobre Projetos de Ciência, Tecnologia e Inovação de Interesse da Defesa (REPID). A atividade se estende até a próxima sexta-feira e conta com a participação de integrantes do Ministério da Defesa e das Forças Armadas (Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira). Durante a 13ª REPID serão debatidos projetos no âmbito do Ministério da Defesa como ações de fomento visando o apoio à pesquisa, ao desenvolvimento e à inovação da indústria brasileira nas áreas aeroespacial, de defesa e segurança.

Ainda durante a 13ª REPID, as três Forças Armadas apresentarão o status dos projetos apresentados na última reunião, a exemplo da complementação da capacidade instalada de apoio de projetos científicos do navio polar Almirante Maximiano (MB), da implantação de infraestrutura laboratorial de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (EB) e dos sistemas de decolagem e pouso automáticos para Veículos Aéreos Não-tripulados (FAB). Ao término das apresentações dos projetos em andamento, as três Forças poderão apresentar novos projetos e assuntos integradores a serem analisados e incorporados às ações do Ministério da Defesa. Haverá workshops com a participação de pesquisadores e técnicos de cada projeto visando maior integração.

No último dia da 13ª REPID, os participantes deverão conhecer a infraestrutura do CLA com a visitação das estações de Comando e Controle e do Setor de Preparação e Lançamento, onde conhecerão os veículos lançados na unidade da Força Aérea, suas respectivas plataformas de disparo e as instalações de apoio às atividades de lançamento.



Fonte: Site do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA)

Comentário: Bom, leitor o CLA é uma instalação do COMAER que é um dos Comandos ligados ao Ministério da Defesa, portanto, não é de se estranhar que essa reunião esteja ocorrendo no CLA. Entretanto, o curioso nessa história é que no mesmo dia em que esta reunião estava sendo iniciando no CLA, o Wally (lembra dele?) estava participando na “Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CREDEN)”, da Câmara dos Deputados  (veja a matéria aqui), de uma dessas reuniões que eles chamam de audiência pública, onde todos vão bem vestidos, onde todos se deliciam com saborosos coffee breaks e onde tudo é discutido, mas nada resolvido. Pois então, o Wally falou de tudo que diz respeito aos projetos em curso dentro de sua pasta, tudo mesmo, ops, bem, ele só esqueceu de falar dos projetos ligados ao Programa Espacial Brasileiro que também necessita de recursos e que são ligados a sua pasta. Um pequeno deslize, né verdade Wally?

Comentários

  1. Difícil dizer isso, mas é melhor que nada.

    É bom mesmo arranjar alguma coisa para acontecer lá no CLA, visto que só tem servido mesmo para lançar foguetinhos de treinamento.

    Eu acho isso o cúmulo do absurdo, mas melhor ler essa notícia do que ser cego.

    Fico imaginando a quantidade de militares lotados no CLA e o CLBI, e o que eles ficam fazendo. No CLBI, devem passar o tempo rastreando satélites de outros países (parece ser a vocação atual daquele estabelecimento).

    Eu vou passar a tratar ambos como "estabelecimentos", visto que "Centros de Lançamento" eles já deixaram de ser a um bom tempo.

    E o pessoal assiste a esse desmantelamento calado, impassível, como se estivessem em formação numa cerimônia em que serão passados em revista. Nem sei, a essa altura, se poderíamos esperar coisa diferente deles.

    Tudo muito lamentável.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial