BNDES Lança Programa de Inovação Para Empresas de Pequeno Porte

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (04/04) no site “Inovação Tecnológica” destacando que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)” está lançando o “Programa de Apoio à Micro, Pequena é Média Empresa Inovadora”.

Duda Falcão

Plantão

BNDES Lança Programa de Inovação
Para Empresas de Pequeno Porte

Com informações da Agência Brasil
04/04/2014

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) está lançando o "Programa de Apoio à Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora".

O objetivo é incentivar investimentos em inovação para ampliar a competitividade desse segmento econômico.

O programa tem orçamento previsto de R$ 500 milhões e receberá os pedidos de financiamento até o final de dezembro do próximo ano.

As condições financeiras incluem taxa de juros fixa (4% ao ano) ou variável. A participação do BNDES atingirá até 90% do valor dos itens financiáveis para financiamentos com taxa variável e de 100% com taxa fixa. O limite anual de financiamento por cliente é R$ 20 milhões, com prazo de pagamento de dez anos.

Poderão pleitear apoio financeiro as empresas de pequeno porte com faturamento anual de até R$ 90 milhões que tenham feito investimentos em serviços tecnológicos, a partir de 2011, ou obtido financiamento dos programas de inovação Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec), Serviços em Inovação e Tecnologia (Sebraetec) ou Senai/Sesi.

O programa também é aberto a companhias que tenham patente concedida ou pedido de patente válido no ano do protocolo da operação ou nos dois anos anteriores e que requeiram empréstimo para investimentos complementares a seus processos inovadores.

O financiamento se estenderá, ainda, a projetos de empresas localizadas em parques tecnológicos e incubadoras ou que tenham em sua composição societária fundos de investimento em participações ou fundos mútuos de investimento em empresas emergentes.


Fonte: Site Inovação Tecnológica - http://www.inovacaotecnologica.com.br

Comentário: Trago essa notícia por acreditar que a mesma possa ser útil para as micros, pequenas e médias empresas brasileiras que atuam no setor espacial.

Comentários

  1. Será que agora o BNDES descobriu que existe empresas pequenas também? Tomara que isso seja uma tendência e não fogo de palha.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial