DCTA Assina Contrato do Lançador de Porte Médio do CLA

Olá leitor!

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (21/06) pelo Comando da Aeronáutica (COMAER) através do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), um “Extrato de Contrato” entre o COMAER e a CONSTRUTORA MONTBLANC LTDA - ME visando serviços a serem realizados no comando automático do Lançador de Porte Médio (LPM) do setor de preparação e lançamento do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). Abaixo segue o extrato como publicado no DOU.

Duda Falcão

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E
TECNOLOGIA AEROESPACIAL
CENTRO DE LANÇAMENTO DE ALCÂNTARA

EXTRATO DE CONTRATO Nº 22/2012 - UASG 120013

Nº Processo: 67710900160201267;
PREGÃO SISPP: Nº 29/2012;
Contratante: COMANDO DA AERONAUTICA;
CNPJ Contratado: 10652870000107;
Contratado: CONSTRUTORA MONTBLANC LTDA - ME;
Objeto: Serviços de execução do projeto de implantação de sistemas de segurança e integração de sensores ao comando automático do lançador de porte médio do setor de preparação e lançamento do CLA;
Fundamento Legal: LEI 8666/93;
Vigência: 20/05/2013 a 15/01/2014;
Valor Total: R$ 404.000,00;
Data de Assinatura: 20/05/2012.

(SICON - 20/06/2013) 120013-00001-2013NE999999


Fonte: Diário Oficial da União - Seção 03 - pág 18 - 21-06-2013

Comentário: Vale lembrar leitor que foi um defeito apresentado num lançador como esse no Centro de Lançamento de Esrange, na Suécia, que causou o cancelamento em maio passado do lançamento do foguete brasileiro VSB-30 da Operação TEXUS 51.

Comentários

  1. Se vão começar uma obra agora no lançador, então podemos esquecer de vez o lançamento do Sara para esse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hummm, bem observado Daniel!

      Mas eu creio que existe outro lançador no CLA que será usado nessa missão. Vamos aguardar.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial