Menina Americana de 12 Anos Envia Boneca para o Espaço

Olá leitor!

Segue abaixo uma interessante notícia postada dia (06/02) no site “Yahoo Notícias” sobre uma garotinha americana de 12 anos que literalmente enviou uma bonequinha “Hello Kitty” para o espaço.

Duda Falcão

Notícias

Menina de 12 anos faz Foguete Caseiro e
Envia Hello Kitty para o Espaço

Yahoo! Brasil
Qua, 6 de fev de 2013

Uma estudante de 12 anos, moradora da cidade de Antioch, na Califórnia, Estados Unidos, teve uma ideia um tanto quando inovadora para a feira de Ciências de sua escola: ela enviou uma Hello Kitty para o espaço.

A ideia de montar seu próprio programa espacial surgiu quando Lauren Rojas viu na TV um comercial no qual um balão meteorológico era enviado para o espaço. Após apresentar o projeto, a garota ganhou o patrocínio da empresa High Altitude Science, que forneceu o balão e o computador de bordo.

A boneca de pelúcia chegou à estratosfera da Terra, a 28,5 quilômetros de distância, e voltou à Terra depois de o balão ter estourado, em função do ar rarefeito. As imagens do vídeo retratam melhor o ‘feito’ da garota.



Fonte: Site Yahoo Notícias - http://br.noticias.yahoo.com/

Comentário: A notícia leitor já é um pouco antiga e talvez você já saiba sobre essa façanha da garotinha americana. Entretanto serve para pontuarmos o que vemos dizendo desde que criamos o blog “BRAZILIAN SPACE”. Veja a diferença de mentalidade entre uma sociedade preocupada com o seu futuro e a sociedade brasileira que vive dizendo amém a políticos populistas e a seus programas de fachada, quando deveria está lutando por uma melhor educação e investimentos em ciência, tecnologia e inovação. Essa garotinha teve o mérito de criar esse projeto e executá-lo, não resta duvida quanto a isso, mas isso só foi possível porque a sociedade americana criou as condições e a cultura de incentivar essas iniciativas. No Brasil, o máximo que fazíamos até o ano passado era lançar foguetinhos de água. Felizmente a partir de 2013, a Agência Espacial Brasileira (AEB) criou dois eventos (ainda experimentais) direcionados as áreas de CANSATs e a de Foguetemodelismo que podem ser o embrião para uma mudança de mentalidade. Entretanto, há ainda muito por se fazer, especialmente na área de segurança, para que esses eventos e outros sugeridos por mim na área de robótica espacial e de sondas atmosféricas venham ajudar a melhorar a educação desse país. O jovem bem formado de hoje, poderá ser o professor de amanhã ou o representante do povo que saberá cobrar de seus governantes a mesma educação que foi dada a ele. Consciência amigo leitor aliada a responsabilidade, seriedade e a atitude é o que faz a diferencia. 

Comentários

  1. Mentalidade eis a questão.Mentalidade,cultura,valores...Enquanto isso no Brasilsilsil:futebol,novela,"brigbroder":as professoras são
    odiadas porque querem fazer "ozaluno istudá e nóis só qué merendá e pegá o deproma no finar do ano".Governo,família,sociedade, quanta diferença. Albert Einstein já dizia "é mais fácil dividir o átomo que mudar a mentalidade de uma sociedade".

    ResponderExcluir
  2. Insisto que esses experimentos com balões é que deveriam ser empregados com os nossos alunos do ensino fundamental.

    Foguetes de garrafa pet SÃO COISA DO PASSADO. Esses balões dão margem a experimentos muito mais enriquecedores.

    Afinal, nossos estudantes merecem o melhor.

    ResponderExcluir
  3. Pode-se fazer excelentes experimentos de cunho muito mais científico, usando inclusive balões comuns, muito baratos !

    Vejam aqui: BALÃO DE ESTUDOS ATMOSFÉRICOS

    Att.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial