Astronauta Brasileiro Quer Voltar ao Espaço em 2015

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada hoje (01/03) no “Portal TERRA” destacando que segundo o Astronauta Marcos Pontes existe a possibilidade do mesmo voltar ao espaço em 2015 ou 2016.

Duda Falcão

ESPAÇO

Astronauta Brasileiro Quer
Voltar ao Espaço em 2015

Cirilo Junior
Direto do Rio de Janeiro
01 de Março de 2013 - 16h26
atualizado às 16h50

Foto: Getty Images



Marcos Pontes retorna de sua missão à ISS, em 2006  

Primeiro brasileiro a ir ao espaço, o astronauta Marcos Pontes planeja nova viagem para além da Terra nos próximos anos. Ainda sem uma definição clara sobre a data de sua próxima missão, Pontes disse esperar voltar ao espaço entre 2015 e 2016. Ele viajou para a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) em 2006, fazendo história ao ficar dez dias em órbita ao redor da Terra.

“2015 ou 2016, essa é minha expectativa. Provavelmente, numa missão com os russos, como da outra vez (a Rússia é um dos parceiros majoritários da ISS). Existe a possibilidade sim, e é o que estou esperando”, afirmou, após participar de um evento no Rio de Janeiro.

Ainda bastante reconhecido, Pontes era solicitado a tirar diversas fotos. Segundo ele, mesmo quase sete anos depois de ter ido ao espaço, muitas pessoas o param na rua e pedem fotos e autógrafos. O astronauta é lotado na NASA, na qual é da área de manutenção da estação espacial. Ele atua como uma espécie de mecânico de voo, estando a postos para resolver qualquer problema de última hora na missão.

“Cada missão tem um custo muito alto para a NASA. Cada tripulante num voo desses custa US$ 56 milhões”, comentou. Por isso, destaca, há um espaço grande entre uma missão e outra que um astronauta participa. Pontes lembra que se formou na NASA em 1998, e só foi ao espaço oito anos depois. Da turma em que se formou, Pontes foi o segundo a ir ao espaço.

Para participar de uma missão da NASA, Pontes fez o curso de astronauta, com duração de dois anos. Depois, se especializou e fez treinamentos específicos em outras áreas. Quando uma missão é definida, existe uma preparação especial com duração que varia de um ano a um ano e meio.

Muitos anos depois da ida ao espaço, Pontes relata que ainda tem muitas lembranças de lá. Questionado sobre qual a principal delas, ele diz que é a sensação de se sentir pequeno perto da grandeza da Terra, ao avistar o globo terrestre.

“Lembro de muita coisa de lá. A principal delas é quando você olha pra Terra, e se imagina, você se sente muito pequenininho. Essa sensação de me sentir insignificante por um lado, que fez nascer dentro de mim a necessidade de usar meu tempo de vida para fazer alguma coisa útil, de forma geral”, observa.

Além do trabalho na NASA, Pontes é um dos três embaixadores da Organização das Nações Unidas (ONU) em todo o mundo, focados nas atividades de desenvolvimento industrial. O brasileiro criou uma fundação, voltada para trabalhos nos campos da educação, ciência e tecnologia para ensino fundamental e médio, além da sustentabilidade.

O astronauta também dá aulas no curso de engenharia aeronáutica da Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos, e se prepara para iniciar uma nova especialidade na instituição de ensino. “Criamos lá o curso de engenharia aeroespacial, para que entre no vestibular. Vai começar este ano. Espero que entre no vestibular 2013”, explicou.

O desejo de Pontes é que outros brasileiros também possam viajar para o espaço. Com o curso, ele espera facilitar esse caminho. “Quem sabe a gente não consiga colocar mais um lá. É meu sonho. Eu deixaria minha oportunidade para alguém”, argumenta.


Fonte: Portal TERRA - 01/03/2013

Comentário: A notícia é um pouco antiga e talvez alguns de vocês já devam ter lido algo sobre o assunto. Entretanto para nós do blog BRAZILIAN SPACE, a mesma além de ser bastante significativa era até então desconhecida. Significativa pela afirmação do Marcos Pontes (ao qual envio um grande abraço) de que esse voo será provavelmente com os russos. Isso me faz questionar se este voo teria algo a ver com o “3º Anuncio de Oportunidade (3º AO)” do “Programa Microgravidade” da Agência Espacial Brasileiro (AEB)? Lançado em 21/11/2006, o 3º AO era dividido em duas missões, sendo a primeira suborbital, que estava previsto para ser lançada através de um foguete VSB-30 em julho de 2008 (meta só alcançada somente em 12/12/2010 através da “Operação Maracati II”), e a segunda orbital, prevista para ser lançada em setembro de 2009, através de uma nave Soyuz que levaria os experimentos brasileiros para serem testados a bordo da Estação Espacial Internacional, meta essa que infelizmente até hoje não se realizou. Apesar dessa missão orbital do 3º AO não prevê a participação de um astronauta brasileiro, é sabido que o nosso astronauta está a serviço da AEB e para ele voltar ao espaço teria de ser através de uma missão especifica o que nos leva a levantar a hipótese da mesma ser o motivo dessa nova missão do Marcos Pontes. No entanto é apenas uma hipótese e teremos de aguardar para ver como vai terminar essa história. Sucesso ao Marcos.

Comentários

  1. " Creio que existe uma cifra considerável, cobrada pelos Russos para levar astronautas ao espaço, o nosso BRASONAUTA não é a excessão, vão cobrar também, sem abatimento, sem parcelas,etc. Em troca, querem lucrar com o nosso PEB, que na atualidade encontra-se Russo.
    Há 100 anos, o grande inventor Santos Dumont protagonizou o começo de todo programa espacial, elevou-se no espaço (escala reduzida), a nave brasileira 14-Bis três metros acima do "ground francês", com um tempo de vôo de 7,5 segundos, faltou pouco para executar, se fosse mais alto uma manobra de perda, para sentir pela primeira vez, uma pequena ausência de gravidade.
    Grande amigo Marcos Pontes, espero que inspirado no feito do nosso Alberto aliado ao seu poder de demonstraçao de otimismo, retorne novamente ao espaço, representando um fiel e exemplar brasileiro.
    Estou na presente cobrando um e-mail ou um telefonema que prometes-te quando esteve em Salvador, para tratarmos de assuntos relativos a programa educativos na escola.
    No mais agradeço a atenção de todos da sua equipe".

    ResponderExcluir
  2. sinceramente..acho que esse bonde não dá mais para o Pontes....a AEB não mais custearia uma missão dessas, fora a idade e o peso que já não mais favorecem o nosso astronauta...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anonimo!

      Idade e peso não são problemas, pois nem ele é tão velho e peso se tira com dedicação. No entanto o custo de uma missão como essa é que pode ser um problema, mas existem maneiras de ser equacionado através da política. Mas vamos aguardar os acontecimentos para ver como essa história termina.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  3. Eu sinceramente, não entendo essa discussão.

    Tenho respeito e até simpatia pelo Sr. Marcos Pontes que é um astronauta qualificado e não apenas mais um daqueles turistas espaciais, que conseguiu realizar o seu sonho pessoal.

    Por outro lado, como contribuinte, sou obrigado a questionar, E MUITO, aquilo que chamaram de missão centenária, cujos objetivos e realizações científicas foram praticamente nulos.

    Eu, vejam bem, EU, preferia que o dinheiro dos meus impostos fosse empregado em realizações mais democráticas para o nosso PEB.

    Afinal, a essa altura, cerca de R$ 100 milhões poderiam ajudar muito.

    Enfim, esse "governo" pode não querer perder a chance de se promover mais uma vez, e como diz a propaganda, NADA SUPERA UM ASTRONAUTA...

    Att.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!! Respeito seu blog e a divulgação do tema, mas, como sugestão, não divulgaria informações sem confirmação. Exemplo "sabido que o nosso astronauta está a serviço da AEB". De que maneira o astronauta está a serviço da AEB? Fazendo o quê? Publicado onde? Ganhando quanto? Não se fica "a serviço de qualquer órgão público sem portaria de nomeação....sem concurso...etc. Da mesma forma, ele e família vivem em Houston por opção, não está a serviço do Governo brasileiro junto à NASA há anos. Confirme e verá....saudações!

    ResponderExcluir
  5. Olá Anônimo!

    A informação que eu tenho é que ele esta na NASA como representante e a serviço da Agência Espacial Brasileira (AEB) e aguardando uma possível missão. Se não fosse assim ele não estaria trabalhando nas instalações da NASA, mas enfim, se essa informação não é verdadeira, quando tiver uma oportunidade tirarei essa dúvida.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  6. Olá Duda!! Confirme sim...ninguém está a serviço sem ter o nome publicado em diários/boletins, no Governo brasileiro.
    Quanto à NASA, como astronauta formado ele pode se inscrever para receber pessoas em Cabo Canaveral, Houston, grupos de estudantes, aparecer em aberturas de jogos....isso é bom para os dois lados, mas não significa que esteja trabalhando lá.
    Sorte na sua pesquisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      Veja a página http://www.marcospontes.com/astronauta/astronauta.htm . Pelo que está escrito lá o Marcos esta sim a serviço da AEB como representante técnico da agência em Houston. Assim sendo, não há mais dúvida.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. Caro Duda,
      As informações na página do astronauta foram postadas por ele mesmo. Procure o contrato junto à AEB...já procurei e não existe, por isso não tenho dúvidas....
      Será tão ingênuo assim? Seu blog é tão bem escrito...

      Abs

      Excluir
    3. Caro Anônimo!

      Eu só citei o que está escrito no site do astronauta com referencia para você. Quanto a AEB, eu não preciso consultar, pois já ouvir da própria Agência por diversas vezes esse assunto ser colocado, portanto amigo é assunto encerrado.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    4. Amigo,

      Pensei que como escritor de blog buscasse a verdade....só isso. Não precisa ficar bravo....

      Excluir
    5. Caro Anônimo!

      Não fiquei bravo e agradeço que tenha entrado em contato para nos informar o que você acredita ser certo. Mas como eu lhe disse a sua informação não tem fundamento e como referência usei a página do astronauta para lhe mostrar isso. Entretanto, como também lhe disse, a própria AEB já confirmou a representatividade do Marcos Pontes junto a NASA por diversas vezes. Sendo assim, não há mais o que discutir sobre esse assunto. Desculpe-me se lhe dei a impressão de ter ficado bravo, não era essa a intenção.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial