Manifesto Contra Transferência do CEMADEN Abre Crise

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada hoje (17/03) no site do jornal “O VALE”, destacando que Manifesto contra transferência do CEMADEN abre crise no PT.

Duda Falcão

NOSSA REGIÃO

Manifesto Contra Transferência do
CEMADEN Abre Crise no PT Entenda o Caso

Base está instalada desde 2011 em Cachoeira Paulista;
cientistas temem esvaziamento de institutos públicos de pesquisa

Julio Codazzi
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
March 17, 2013 - 07:05

O anúncio da transferência do CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e de Alertas a Desastres Naturais) para São José dos Campos abriu uma crise no PT.

De um lado, o governo do prefeito de Cachoeira Paulista, João Luiz do Nascimento (PT), e o SindCT (Sindicato Nacional dos Servidores Federais na Área de Ciência e Tecnologia no Setor Aeroespacial), entidade ligada historicamente ao partido.

Do outro, o prefeito de São José, Carlinhos Almeida (PT), e o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp.

Em jogo, a chance de sediar um importante centro de estudos, que gera atualmente cem empregos, e a oportunidade de receber um investimento de R$ 50 milhões apenas nos próximos dois anos.

Esse aporte, anunciado pelo governo Federal, será usado na construção da nova sede do CEMADEN e na compra de equipamentos para laboratórios.

Sediado no INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) de Cachoeira Paulista desde sua criação, em dezembro de 2011, o CEMADEN será transferido para um terreno do Parque Tecnológico. A mudança deve demorar seis meses.

Protesto - Na última sexta-feira, o SinCT enviou uma nota a seus filiados para manifestar-se contra à transferência.

Segundo o secretário do sindicato, Gino Genaro, a comunidade científica não foi consultada sobre a mudança.

"Em Cachoeira já foram investidos milhões de reais em equipamentos, um prédio inteiro foi reformado. Não há motivo para tirar o CEMADEN do lado do CPTEC [Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos], que é sua principal fonte de dados", disse.

"A transferência pode ser explicada pelo apoio do Raupp à candidatura do Carlinhos ou por uma vontade do ministro de alavancar uma criação dele, que é o Parque Tecnológico", complementou Genaro.

Crítica - Um grupo de vereadores de Cachoeira Paulista e dirigentes do SindCT promovem hoje um protesto contra a transferência do CEMADEN para São José. O manifesto terá início às 10h, na Praça Prado Filho, centro de Cachoeira.

A intenção é organizar um abaixo-assinado contra a mudança do CEMADEN e enviá-lo à presidente Dilma Rousseff e a Marco Antonio Raupp.

"Cachoeira vai perder muito com essa mudança. Não só em empregos e comércio, mas também nos impostos que deixam de ser gerados sem o investimento de R$ 50 milhões", disse o presidente da Câmara, vereador Marcelo Picão (PT).

"Tentei contato com o Carlinhos [Almeida], mas não tive retorno. Quero conversar com ele. São José já tem um grande polo industrial, talvez ele não saiba do prejuízo que isso traria para nós", acrescentou.

Movimentação - Nenhum representante do MCTI foi localizado. Em nota, Paulo Roitberg, chefe de gabinete do prefeito Carlinhos Almeida, defendeu a transferência do CEMADEN.

"A prefeitura se movimentou para viabilizar esse investimento, oferecendo a área. Ficamos satisfeitos pela escolha."

Roitberg alegou que o município oferece "condições ideais, como proximidade com centros de pesquisa e instituições de ensino superior, além de ser um reconhecido polo tecnológico do país".

ENTENDA O CASO

ANÚNCIO

A transferência do CEMADEN para São José foi anunciada no dia 11 de março pelo ministro Marco Antonio Raupp, durante visita ao município.

TRANSFERÊNCIA

Em seis meses, o Centro começará a funcionar provisoriamente nas instalações do Parque Tecnológico, até a construção de sua nova sede.

NOVA SEDE

A prefeitura de São José vai doar uma área de 57 mil metros quadrados para o CEMADEN construir sua nova sede. O terreno também fica no Parque Tecnológico.

CENTRO

O CEMADEN produz alertas de desastres naturais. Criado em dezembro de 2011, funciona desde então no INPE, em Cachoeira Paulista. O Centro emprega atualmente cerca de 100 profissionais.


Fonte: Site do Jornal “O VALE” - 17/03/2013

Comentário: Triste, nada mais a acrescentar.

Comentários

  1. Só uma observação, o INPE tem uma área própria sua muito grande em Cachoeira Paulista. A muito tempo se fala que as instalações do INPE de S J dos Campos deveriam ir para Cachoeira, por questão de espaço. Mas existe uma resistência enorme, por vários motivos, nessa mudança, mas uma delas é dos próprios funcionários, já que a cidade de S J dos Campos é bem mais "atraente" que Cachoeira Paulista.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh eu tenho algo a acrescentar sim...

    Só um pouco. É bem pouco, mas importante.

    Num artigo sobre esse assunto, deveríamos ver a sigla BR mencionada várias vexes, junto com as palavras idealismo, interesse público, capacidade técnica, melhores condições, etc.

    Ao invés disso, o que vemos á a sigla PT sendo mencionada, junto com palavras de ordem que lhe são tão conhecidas, como interesses políticos, toma lá dá cá, sindicatos comprometidos com interesses políticos externos à classe que deveria representar.

    Ninguém pensa onde é melhor para o Brasil a localização disso ou daquilo. A forma de pensar desses populistas idiotas é: onde eu vou tirar mais vantagem de votos nesse assunto? Aqui ou acolá.

    Depois não venham dizer estão surpresos com os resultados.

    Tudo isso é espelho da sociedade em que vivemos, afinal, esses "servidores públicos" somos nós, esses "sindicatos" somos nós, esses "partidos" somos nós, esse "congresso" somos nós, esse "poder judiciário" somos nós e finalmente esse "poder executivo" também somos nós.

    Então, brasileiros e brasileiras: nós temos o exatamente o que nós somos. Como se vê, aqueles de nós, que não se conformam com esse estado de coisas, não podem desistir...

    O trabalho ainda é longo e muito duro!

    Força e motivação a todos!

    Vamos adiante!

    ResponderExcluir
  3. " Parabenizo ao irmão do nosso Blog, Sro. Marcos Ricardo pelas palavras ditas e explícitas no teor da verdade. Quem se arriscaria a representa como: o nosso Diretor Presidente Duda, eu própio, o antigo e lendário "JOAQUIM SILVERIO DOS REIS"?.
    É triste quando se solicita a massa de jovens e antigões brasileiros que assine uma petição em prol do PEB e do futuro científico do Brasil.
    Vou citar exemplos de fifelidade da maioria dos brasileiros, que assinariam ligeirinho as seguinte petições , creio que BILLLLLLLLLLLLLLLLLHões de assinaturtas, vejamos: Corte a festa do carnaval para um dia,......apenas um dia! Corte as NOVEEEEEEEEELAS! Corte o FUTEEEEEEEEEEEBOL! Corte as FARRRRRRRRRRRAS nos fins de semana,......lei seca! Corte os programas em horários indevidos; como BBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBB, FAZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZENDA VERRRRRRRRRÃo, quer mais. Fico sentido está é a cara do nosso País. Por isso que os políticos corrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrruptos quem que o país não tenha cultura científica e sejamos eternos marionetes que se alimentam de prazeres para o corpo e não a evolução profissional do cidadão".

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial