Estudantes Brasileiros Participam da 8ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica

Olá leitor!

Segue agora uma nota postada hoje (29/07) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) destacando que estudantes brasileiros irão participar na Romênia da “8ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA)”.

Duda Falcão

Estudantes Participam de Olimpíada
de Astronomia e Astrofísica

Ascom da OBA
29/07/2014 - 13:16

Estudantes brasileiros vão viajar para a Romênia para participar da 8ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA, na sigla em inglês). O evento acontece entre sexta (1º) e o dia 11, na cidade de Suceava.

Esta edição vai reunir 183 estudantes de 42 países. Eles terão de fazer provas práticas e teóricas. O Brasil será representado pelos estudantes do ensino médio Allan dos Santos Costa (Bauru, SP), Daniel Charles Heringer Gomes (Mogi das Cruzes, SP), Daniel Mitsutani (São Paulo), Felipe Vieira Coimbra (Teresina, PI) e Pedro Guimarães Martins (Belo Horizonte).

Os líderes da equipe serão os astrônomos Gustavo Rojas, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), e Eugênio Reis, do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST/MCTI).

Antes da viagem para a Europa, os estudantes participaram de dois treinamentos intensivos com astrônomos e especialistas, na cidade de Passa Quatro, Sul de Minas Gerais. A programação foi dividida em grupos de estudos, oficinas de atividades e observação do céu noturno, com e sem instrumentos, resolução de exercícios e realização de provas simuladas.

O grupo também contou com um planetário digital móvel cedido pelo MAST para estudar o céu do Hemisfério Norte por meio de projeções. Os participantes aprenderam, ainda, a montar e a manusear dois diferentes tipos de telescópios. Antes de embarcar, revisarão lições sobre o céu do hemisfério no Planetário de Santo André (SP).

Como Participar

Para estar na IOAA, o candidato precisa de uma excelente pontuação na prova nacional da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Em seguida, participar das provas seletivas realizadas online, na plataforma desenvolvida pelo Observatório Nacional (ON/MCTI) em parceria com o MAST. Os que obtêm melhor classificação fazem, então, uma prova presencial que indicará a seleção final.

A OBA é organizada por uma comissão formada por membros da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e da Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI). O Brasil já teve a oportunidade de sediar a Olimpíada Internacional em 2012, no Rio de Janeiro. A IOAA é reconhecida pela União Astronômica Internacional (IAU, na sigla em inglês), e sua organização exige que cada país membro se comprometa a sediar uma edição da olimpíada, arcando com todas as despesas relativas ao evento, podendo receber apoio de diferentes setores da sociedade.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial