Orbital Entrega Modelo de Engenharia da PSM ao IAE

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (15/06) no site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), destacando que no dia di hoje a empresa “Orbital Engenharia” entregou ao IAE o “Modelo de Engenharia” da Plataforma Suborbital de Microgravidade (PSM).

Duda Falcão

Entrega do Modelo de Engenharia da
Plataforma Suborbital de Microgravidade – PSM

Campo Montenegro, 15/06/2012

Nesta sexta-feira, dia 15 de junho de 2012, foi entregue pela Orbital Engenharia o Modelo de Engenharia da Plataforma Suborbital de Microgravidade - PSM.

A PSM irá constituir a carga-útil dos veículos de sondagem VS-30 e VSB-30 para realização de pesquisas em ambiente de microgravidade. Além de abrigar os experimentos propriamente ditos, a PSM deve possuir subsistemas capazes de prover energia, controle de velocidade angular, telemetria para envio de sinais ao Centro de Controle e sistema de recuperação para resgate, incluindo paraquedas, boias e localizadores.

O sócio-diretor da empresa, Dr. Célio Costa Vaz abriu a cerimônia apresentando o resumo do desenvolvimento da Plataforma, que iniciou através de um projeto de subvenção econômica FINEP para realizar a etapa de engenharia de sistemas. Em seguida, o desenvolvimento dos Modelos de Desenvolvimento e Engenharia foi contratado pelo IAE. Segundo o Dr. Célio Vaz o cronograma do contrato foi cumprido no tempo previsto e nos próximos dois meses serão realizados testes no IAE que subsidiarão o projeto do Modelo de Qualificação.

O diretor da Orbital passou a palavra ao Brigadeiro Engenheiro Carlos Antônio de Magalhães Kasemodel, Diretor do IAE, que evidenciou a importância da parceria com a Orbital, a qual teve seu início no processo de certificação do VSB-30 e que objetiva agora promover a independência do serviço de microgravidade, com a nacionalização da Plataforma Suborbital de Microgravidade. "Nos dará muito orgulho estar com a carga útil do VSB-30 totalmente nacionalizada, disse o Brigadeiro Kasemodel." Na sequência, o Diretor do IAE realizou a entrega de um quadro com o lançamento do VSB-30 na Europa. Segundo o Fiscal do Contrato no IAE, Dr. Anderson Zigiotto, "o desenvolvimento foi realizado dentro do cronograma. Ainda temos alguns obstáculos a superar até o Modelo de Voo, mas o fato da contratada evoluir da ideia para o produto, ou seja, dos Requisitos para o Modelo de Engenharia, é um marco que deve, sim, ser celebrado."Antes do encerramento da cerimônia, o sócio-diretor da Orbital convidou os presentes a realizarem visita ao laboratório onde foi apresentado o Modelo de Engenharia da PSM.



Fonte: Site do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE)

Comentário: Bom leitor, não é ainda exatamente o modelo de voo da PSM, mas já é um grande passo para alcançarmos esse objetivo, e quem sabe quando a PSM estiver disponível e não termos mais de depender das plataformas alemãs para o VS-30 e o VSB-30, o Programa Microgravidade da AEB deixe de ser uma piada contada de quatro em quatro anos.

Comentários

  1. Boa noite Duda, melhor da virose? Espero que sim...

    Este tem algo a ver com o projeto SARA ou são coisas completamente diferentes?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Olá Charles!

    Estou melhor sim amigo obrigado, mas ainda não completamente recuperado.

    Quanto a sua pergunta, eu diria que em parte sim, já que a PSM e o SARA Suborbital na realidade são ambas plataformas para carregar experimentos científicos e tecnológicos em ambiente de microgravidade durante vôos suborbitais. Sendo que o SARA Suborbital é apenas um fase do projeto para atingir o SARA Orbital (não sei se continuará sendo utilizada em vôos suborbitais, apesar de não haver empecilho para isso), essa sim uma verdadeira cápsula espacial que quando pronta deverá passar algo em torno de 10 dias em órbita com os experimentos e então retornar a Terra reentrando na atmosfera e sendo recuperada. Já a PSM é uma plataforma que só será usada pelos foguetes VS-30 e VSB-30, enquanto o SARA Suborbital pelo VS-40, e o futuro SARA Orbital por um veículo lançador de satélites qualquer.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022