Banco de Pontos de Controle GNSS Está Disponível na Web

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (22/06) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) informando que Banco de Pontos de Controle GNSS está disponível na Web.

Duda Falcão

Banco de Pontos de Controle GNSS
Está Disponível na Web. Ferramenta Ajuda
a Mapear Cidades da Região Nordeste

Sexta-feira, 22 de Junho de 2012

Usuários de imagens de satélites agora podem acessar o Banco de Pontos de Controle GNSS do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) para averiguar dados e garantir a localização mais precisa das áreas mapeadas. A ferramenta permite a correção geométrica das imagens do CBERS, geradas pelas câmeras HRC e CCD, e também de dados de outros satélites, como Landsat.

Os pontos de controle foram implantados para aperfeiçoar os mapas gerados pelo Centro Regional do Nordeste do INPE, situado em Natal (RN). Já foram colocados aproximadamente 800 pontos, utilizados no mapeamento de 90 municípios nordestinos, especialmente no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Ainda no âmbito do projeto “Construindo nosso Mapa Municipal visto do Espaço”, nesse ano devem ser implantados mais 300 pontos de controle, com o objetivo de atender a outras cidades da região Nordeste.

As coordenadas dos pontos são determinadas a partir de técnicas de posicionamento global (GNSS) pelo método estático relativo.

O Banco de Pontos de Controle foi disponibilizado na web para colaborar com a disseminação de dados espaciais na sociedade, assim como o amplo Catálogo de Imagens e os softwares Spring e TerraView. Dessa forma, o INPE permite o aprendizado, treinamento e uso gratuito e eficaz de geotecnologias úteis para as mais variadas aplicações, de estudos urbanos ao monitoramento do meio ambiente.

A relação e o histórico dos pontos, incluindo imagem, relatório de processamento e monografias podem ser obtidos na página http://www.nctn.crn2.inpe.br

Implantação de ponto de controle no campo

Pontos localizados em imagem de satélite


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial