Projetos de Pesquisa Têm R$ 200 Milhões no Edital da Chamada Universal

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (06/05) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que Projetos de Pesquisa têm R$ 200 milhões no Edital da Chamada Universal.

Duda Falcão

Projetos de Pesquisa Têm R$ 200 Milhões
no Edital da Chamada Universal

Ascom do CNPq


Brasília, 6 de maio de 2014 – O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgaram o edital da Chamada Universal 2014. O valor global é de R$ 200 milhões.

O objetivo é apoiar projetos de pesquisa que visem a contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do país em qualquer área do conhecimento. Do recurso disponível, 75% é proveniente do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e 25% do próprio CNPq.

Os projetos deverão ser cadastrados na página do CNPq na internet, por meio da Plataforma Carlos Chagas, até 16 de junho.

A divulgação dos resultados está prevista para a partir de novembro e o início da contratação das propostas aprovadas deve ocorrer a partir de dezembro. O prazo máximo para execução dos projetos será de 36 meses, exceto aqueles que contarem com prorrogação aprovada pelo CNPq.

Aumento - A Chamada Universal teve um acréscimo de R$ 30 milhões ao valor total do último edital. Esse recurso extra se destina aos projetos que concorrem à Faixa A, voltada a jovens pesquisadores. A Faixa B é voltada para bolsistas de produtividade em pesquisa (PQ) ou em desenvolvimento tecnológico (DT). A Faixa C é de livre concorrência.

A chamada prevê também a destinação mínima de 30% dos recursos para projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições sediadas nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste, incluindo as respectivas áreas de abrangência das Agências de Desenvolvimento Regional.

Cada proponente deve apresentar apenas um projeto. Ocasionalmente, recursos não utilizados em uma das faixas poderão ser alocados para projetos das outras duas faixas disponíveis.

Edital completo em: http://migre.me/j54dc


Fonte: Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Olha aí, talvez esse edital seja de interesses de profissionais sérios que atuam no Programa Espacial Brasileiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022