FINEP Assina Convênio Para Atualização da Infraestrutura de Testes de Propulsores de Satélites do INPE

Olá leitor!

Diário Oficial da União (DOU) de hoje (14/05) publicou um “Extrato de Convênio”, da “Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)”, relativos à atualização da Infraestrutura de Testes de Propulsores de Satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Abaixo segue o extrato como publicado no DOU.

Duda Falcão

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS

EXTRATOS DE CONVÊNIOS

Espécie: Encomenda Transversal Projetos de Pesquisa;
Ref: 1375/13;
Data da Assinatura: 07/05/2014;
Partes: Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP, CNPJ n. º 33.749.086/0001-09 e a Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais – FUNCATE, CNPJ nº 51.619.104/0001-10;
Objeto: "Atualização da Infraestrutura de Testes de Propulsores de Satélites do INPE";
Valor total: R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais), sendo R$ 13.910.000,00 (treze milhões, novecentos e dez mil reais) destinados ao Convenente por meio de aporte direto e R$ 90.000,00 (noventa mil reais) destinados a Bolsas de Desenvolvimento Tecnológico, a serem transferidos pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq;
Nota de Empenho: 2014NE000633 e 2014NE000634;
Fonte: Ações Transversais;
Prazo de Vigência e Execução Física e Financeira do Projeto: até 30 (trinta) meses, a partir da data de assinatura do convênio;
Prestação de Contas Final: até 60 (sessenta) dias contados da data do término da vigência.


Fonte: Diário Oficial da União (DOU) - Seção 3 - pág. 14 - 14/05/2014

Comentário: Não resta dúvida leitor que essa é uma boa notícia e esses recursos (creio eu) devem em sua maior parte serem aplicados no "Laboratório de Combustão e Propulsão (LCP)" do INPE em Cachoeira Paulista, o que é muito bom para o PEB. Porém, a pergunta que fica é: Será que vale a pena investir em infraestrutura sem ter a garantia do devido comprometimento e seriedade do governo e do Congresso Nacional para com o programa? Caro leitor, brincar de fazer programa espacial é uma temeridade, não só pelos riscos de segurança envolvidos que seus protagonistas têm de enfrentar no dia-a-dia de suas funções, como também pelo custo financeiro que isso representa a sua sociedade, mas enfim... este é o Brasil da presidentA DILMA ROUSSEFF e daqueles que irresponsavelmente apoiam esse inconsequente e desastroso governo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial