A Divisão de Aerotermodinâmica e Hipersônica Oferece Curso à Equipe do Projeto 14-X

Olá leitor!

Segue uma nota postada dia (16/05) no site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) destacando que a Divisão de Aerotermodinâmica e Hipersônica do instituto ofereceu curso à equipe do Projeto 14-X.

Duda Falcão

A Divisão de Aerotermodinâmica e Hipersônica
Oferece Curso à Equipe do Projeto 14-X

16/05/2014

A Subdivisão de Hipersônica Fundamental, com apoio dos recursos financeiros do projeto estratégico orçamentário PROPHIPER do Instituto de Estudos Avançados (IEAv), proporcionou aos servidores Israel da Silveira Rêgo, Bruno Ferreira Porto, 1º Tenente Engenheiro Fabio Henrique Eugenio Ribeiro, Rafael de Oliveira Santos e colaboradores Alexandre Kazuo Carvalhal, Bruno Coelho Lima, Felipe Jean da Costa, Gustavo Jean da Costa, Jayme Rodrigues Teixeira da Silva, Jocasta Aparecida Ferreira Lemes, Renan Guilherme Santos Vilela, Ronaldo de Lima Cardoso, Rui Anderson Marcelino, Sidney Bariani Cruzelles, Thiago Victor Cordeiro Marcos e Victor Alves Barros Galvão, todos envolvidos no Projeto do Demonstrador Tecnológico scramjet 14-X, os cursos Ferramentas de Projetos do software Inventor, AutoCad Mechanical, Tubulações e Cabeamento, Autodesk Showcase e Autodesk #D Max Design, ministrados, no período de 3 de Abril a 2 de Maio do 2014, na sala de treinamento (Aquário) do prédio da Direção do IEAv pelos instrutores Daniel de Morais Severino, Guilherme Custódio de Araújo e Tiago Roberto Maria Parra da empresa Staff Business.

O Objetivo foi dar todo o conhecimento necessário, através de treinamentos, do uso dos softwares adquiridos à equipe, visando a melhor e correta utilização e aplicação dos mesmos no projeto dimensional do Demonstrador Tecnológico scramjet 14-X.



Fonte: Site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

Comentário:  Hummm, então a equipe do Projeto 14X é formada hoje 16 profissionais entre servidores do IEAv e colaboradores. Sendo que apenas quatro deles são servidores do instituto. Pois então caro leitor, são esses os 16 profissionais que formam o “Hypersonic Brazilian Team”. Será este um número suficiente de profissionais?

Comentários

  1. Existem mais pessoas na equipe. Como o número de vagas para o curso era limitado, apenas estes puderam realizá-lo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial