Nanossatélite Brasileiro Já Está na Rússia Para Ser Lançado em Junho

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (26/05) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que o nanosatélite NanosatC-Br1 já se encontra na Rússia para ser lançado em Junho.

Duda Falcão

Nanossatélite Brasileiro Já Está na Rússia
Para Ser Lançado em Junho

Coordenação de Comunicação Social (CCS-AEB)

Foto ISI/Divulgação
Nanosatélites sendo acondicionados em equipamento
dentro do qual serão levados ao espaço.

Brasília, 26 de maio de 2014 – O primeiro cubesat nacional, o NanosatC-Br1, já está em território russo de onde tem lançamento programado para o próximo dia 19 de junho da base de Yasny.

Até a semana passado o satélite de pequeno porte estava na cidade holandesa de Delft, onde foi submetido aos últimos testes antes de ser acondicionado no módulo no qual vai ao espaço juntamente com outros 12 cubesats em lançamento simultâneo.

Antes de ser enviado à Holanda o satélite também passou por uma bateria de testes no mês de março no Laboratório de Integração e Testes (LIT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP).

Desenvolvido com recursos da Agência Espacial Brasileira (AEB), o NanosatC-Br1é um dos quatro artefatos nacionais de pequeno porte programados para ir ao espaço este ano. No segundo semestre está previsto o lançamento dos satélites AESP-14, desenvolvido pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) com apoio do INPE; do SERPENS, cuja montagem envolve diversas universidades coordenadas pela AEB, e do CanSat  Tancredo-1, produzido por alunos da Escola Municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves, de Ubatuba (SP), com a orientação do INPE.

Compõem as três cargas do Br1 um magnômetro para utilização dos seus dados pela comunidade científica; um circuito integrado projetado pela Santa Maria Design House da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul (RS), e o hardware FPGA, que deve suportar as radiações no espaço em função de um software desenvolvido pelo Instituto de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).


Fonte: Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Bom leitor, a informação sobre o lançamento do NanosatC-Br1 posso atestar que é verdadeira e se não houver por alguma razão um adiamento do vôo dessa missão por parte dos russos, o nosso primeiro cubesat deverá mesmo ser lançado ao espaço no dia 19/06. Fique atento. Já quanto aos outros satélites, com exceção do Tubesat Tancredo 1 que tenho certeza estará pronto para lançamento quando houver disposição, os outros dois são um completo mistério para nós, apesar de acreditarmos na eficiência do grupo envolvido no projeto do AESP-14, mas tenho sérias dúvidas quanto ao misterioso nanosatélite do Projeto SERPENS, já que sua coordenadora, a Dra. Chantal Cappelletti,  até agora não nos enviou de volta a entrevista que fizemos com ela, e pior, não tem respondido aos nossos e-mails e nem nossos apelos feitos através dos jovens que trabalham em seu grupo. Uma pena, mas esse comportamento além de descortês (já que ela havia se comprometido com a entrevista) o seu silencio só ajuda a gerar ainda mais desconfianças sobre este projeto. Confesso leitor que essa é uma experiência que jamais tivemos de enfrentar, já que em cinco anos online sempre fomos tratados com cortesia e atenção por todos os profissionais contactados do PEB, inclusive por alguns que fazem parte do seu grupo. Lamentável! Credibilidade leitor é algo que se conquista e não algo que se vende.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial