PG-CTE dos ITA/IAE/IEAv Inicia suas Atividades Esse Ano

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (13/04) no site da “Agência FAPESP” destacando o “Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias Espacias (PG-CTE)” iniciou suas atividades este ano.

Duda Falcão

Notícias

Pós-Graduação em Ciências Espaciais

13/04/2012

Programa de Pós-Graduação
em Ciências e Tecnologias
Espaciais, parceria do ITA,
IEAv e IAE, aceita inscrições
para mestrado e doutorado (IEAv)
Agência FAPESP – O Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias Espacias (PG-CTE) iniciou suas atividades este ano, nos níveis de mestrado e doutorado, com a proposta de contribuir para o desenvolvimento do setor aeroespacial no Brasil.

O PG-CTE é resultado da parceria de três instituições de ensino e pesquisa do Comando da Aeronáutica: Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Instituto de Estudos Avançados (IEAv) e Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE). O programa foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em dezembro de 2012.

“O PG-CTE é vinculado ao ITA, mas seu quadro docente é reforçado pela participação de pesquisadores do IEAv e do IAE. Os laboratórios de pesquisa dessas duas instituições se somam à infraestrutura do ITA para o desenvolvimento dos trabalhos de mestrado e doutorado, contribuindo para a formação dos alunos em um ambiente ativo e criativo de pesquisa e desenvolvimento, com a participação em projetos estratégicos”, disse Angelo Passaro, do IEAv.


Segundo Passaro, as atividades do PG-CTE se iniciaram este semestre com uma turma de 26 alunos. O próximo período de inscrições termina no dia 30 de abril.

As atividades do novo programa se concentram em cinco áreas: Física e Matemática Aplicadas, Química dos Materiais, Propulsão Espacial e Hipersônica, Sensores e Atuadores Espaciais e Sistemas Espaciais, Ensaios e Lançamentos.

Mais informações sobre o PG-CTE: www.ieav.cta.br/CPPG_IEAv/pg-cte.php.


Fonte: Site da Agência FAPESP 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial