FAPEMA Prevê Novas Oportunidades no Setor Aeroespacial


Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada ontem (09/06) no site da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) informado que existe novas oportunidades de desenvolvimento para o setor aeroespacial do Maranhão.

Duda Falcão


Novas Oportunidades de Desenvolvimento

para o Setor Aeroespacial do MA


Qua, 09 de Junho de 2010 - 16:38

Núcleo de Difusão Científica – FAPEMA


A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) sediou nesta quarta-feira, 09, uma reunião com representantes da UFMA, UEMA, IFMA e o CLA que tratou da possibilidade de submeter um projeto no edital para formação, qualificação e capacitação de recursos humanos em áreas estratégicas do setor espacial do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As propostas aprovadas pelo Edital AEB/MCT/CNPq N º 33/2010, serão financiadas no valor global estimado de R$ 13 milhões oriundos do FNDCT/Fundos Setoriais, com previsão de liberação em 2 parcelas, sendo seis milhões em 2010 e sete milhões em 2011, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do FNDCT/Fundos Setoriais.

O edital se mostrou uma nova oportunidade para estimular o desenvolvimento e o potencial do setor espacial maranhense. Esta visão foi compartilhada durante a reunião pelos professores Areolino Neto e Anselmo Paiva (UFMA), Walter Canalles (UEMA), Hilton Rangel (IFMA) e os representantes do Centro de Lançamento de Alcântara, Capitão Matos e o Engenheiro Raimundo Nonato Brasileiro.

Com a submissão de uma proposta do Maranhão ao edital, espera-se retomar a interação entre as instituições de ensino, FAPEMA e o CLA. Este último comprometeu-se ainda em 2010 apresentar os seus problemas às universidades maranhenses, e em parceria com os pesquisadores locais, propor e desenvolver recursos tecnológicos.

Areolino Neto ressaltou a importância desse edital para o Estado: “Esse edital é uma grande oportunidade para afinar essa parceria que já se estabeleceu entre a FAPEMA, instituições de ensino e CLA. Isso vai fazer com que alunos se interassem por essa área, profissionais possam se engajar e trabalhar mais, e, sobretudo, o CLA passará a demandar soluções locais, em vez de somente importar soluções do exterior ou de outras regiões do país. Dessa forma, levaremos desenvolvimento ao CLA e ao nosso Estado, produzido por maranhenses”, analisou.

Rosane Guerra, diretora-presidente da FAPEMA, lembra que está previsto para esse ano, a criação de um curso de especialização na área aeroespacial, que, por sua vez, marcará a implementação do Instituto Aeroespacial Maranhense. As iniciativas são fruto do restabelecimento de uma parceria entre a Fundação, o CLA, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e as instituições de ensino maranhenses. “Com a criação desse instituto esperamos fomentar a formação de recursos humanos nesta área. A proposta inicial é criar cursos de especialização no setor aeroespacial, com o apoio do ITA”, destacou.


Fonte: Site da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA)

Comentário: Muito boa essa notícia, mas demonstra claramente como as coisas são feitas no setor público brasileiro, já que desde 2005 no governo de José Reinaldo Tavares já havia uma parceria entre a FAPEMA e o ITA que criava o “Curso de Mestrado em Engenharia Aeroespacial” para o setor (veja aqui a nota Mestrado em Engenharia Aeroespacial para o ITEMA). Ficam as perguntas para a atual diretora da FAPEMA Rosane Guerra: O que aconteceu com esse curso, com os alunos formados e com os recursos aplicados no mesmo? Foi tudo perdido com a mudança de governo? O governo anterior também criou o Instituto de Tecnologia Espacial (ITEMA) que pela notícia acima parece ter mudado de nome para Instituto Aeroespacial Maranhense (IAM). Pergunto, o que foi feito para implantação deste ITEMA/IAM desde 2005 além de ser desfeito a parceria do curso de mestrado com o ITA? Lamentável!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022