Setor Espacial Não é Mencionado em Planos

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria publicada hoje (26/09) pelo site do jornal “O VALE” destacando que o Setor Espacial não é mencionado nos planos dos candidatos a Presidência da República.

Duda Falcão

Região

Setor Espacial Não é Mencionado em Planos

São José dos Campos
26 de setembro de 2010 - 08:28

Candidatos que postulam a presidência da República não disponibilizaram em seus planos de governo propostas específica s para o setor espacial brasileiro.

No plano de governo do tucano José Serra (PSDB), disponível no site do candidato, não há referência ao setor.

O postulante apenas menciona que irá investir no desenvolvimento do país e cita como exemplo a Investe São Paulo, agência criada por ele quando governador de São Paulo para atrair investimentos.

A candidata Dilma Rousseff (PT) ainda não disponibilizou seu plano de governo no site oficial da sua campanha.

O postulante pelo PSOL, Plínio de Arruda Sampaio, afirma que o Brasil "nunca investiu seriamente num programa espacial e em nenhuma área de pesquisa de ponta nos últimos 20 anos, porque esse tipo de política não interessa ao projeto de inserção subordinada que a burguesia brasileira almeja para o país".

"Por isso, empresas como a Cobra Computadores foram desmontadas, faltam investimentos ao INPE, ao ITA. Não se valoriza categorias profissionais com a importância estratégica dos controladores de vôo e engenheiros aeroespaciais. Um governo do PSOL, a partir da liberação orçamentária que a auditoria da dívida pública permitirá, aumentaria substancialmente esses recursos."

A candidata Marina Silva (PV) prevê em seu plano de governo apoio a atividades científicas e de pesquisas, voltadas para um desenvolvimento sustentável do Brasil, além de apoio ao ensino.


Fonte: Site do Jornal “O VALE” - 26/09/2010

Comentário: Pois é leitor, e por essas e outras que temo pelo futuro do Programa Espacial Brasileiro. Note que o único dos candidatos que fala abertamente sobre a necessidade de investimento na área é o que não tem chance nenhuma de ser eleito. O Serra é a continuidade da visão obscura do ex-presidente Fernando Henrique (um dos piores períodos do PEB), a Dilma tenho impressão que não tem simpatia pelo programa e desconfio que se a mesma for eleita (como tudo leva a crer) dará um chega pra lá no LULA, e só deus sabe o que poderá resultar disso. Já a Marina Silva (que considero a melhor candidata), é limitada pela sua crença de que antes de tudo vem a não agressão a natureza (o que concordo plenamente). No entanto, tecnologias espaciais verdes já são desenvolvidas no Brasil pelo IAE e pelo grupo paulista “Edge Of Space” e ações governamentais nessa direção certamente ampliará esse leque de opções tecnológicas não agressoras ao meio ambiente. No caso de uma eleição da candidata Marina Silva (que infelizmente é improvável que aconteça), certamente o acordo com a Ucrânia que criou a ACS terá de ser revisado, já que os motores do foguete Cyclone-4 são altamente tóxicos, além do que o acordo não traz qualquer benefício tecnológico ao país. Avante Marina Silva, o blog “BRAZILIAN SPACE” está ao seu lado. Sucesso sempre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial