INPE Oferece Mais Uma Bolsa de Pós-Doutorado

Olá Leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (17/09) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que o "Estudo Sobre Mudanças Climáticas na Amazônia" oferece mais uma bolsa de Pós-Doutorado no INPE.

Duda Falcão


Estudo Sobre Mudanças na Amazônia Oferece

Mais Uma Bolsa de Pós-Doutorado no INPE


17/09/2010

O projeto temático “Land use Change in Amazonia: Institutional analysis and modelling at multiple temporal and spatial scales”, financiado pela FAPESP, dispõe de uma bolsa de pós-doutorado, por um período de um ano, no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), para o desenvolvimento do Subprojeto intitulado: “Identification and analysis of institutional arrangements that influence Land Use and Cover Change (LUCC) processes, using social sciences institutional analysis methods”.

O projeto de pós-doutorado consiste na organização de um conjunto de dados históricos e mapas representativos dos arranjos institucionais e das mudanças ocorridas nas áreas de estudo selecionadas. Estes dados servirão para refinar o cronograma de eventos, servirão de base para planejar as entrevistas e os trabalhos de campo e contribuirão para montar um Banco de Dados Geográficos, juntamente com dados espaciais já existentes. Nesta fase, os arranjos institucionais serão caracterizados por nível, função, extensão e prazos.

O pesquisador será responsável por comparar diferentes metodologias usadas para análises institucionais, incluindo organizar e identificar as variáveis e unidades de análise relevantes para o problema. Paralelamente, uma caracterização detalhada do uso da terra deverá ser realizada com o objetivo de definir alocação de terras e trajetórias de mudanças de uso da terra, assim como mudanças no uso de tecnologias.

O pesquisador ficará responsável por preparar as atividades de campo, incluindo as entrevistas, as estratégias de amostragem, os mapas e contatos iniciais com diferentes grupos proprietários de terras, além de visitar instituições públicas locais para entrevistas, ONG’s e empresas privadas relevantes para entender mudanças institucionais e/ou que representem diferentes setores de determinadas cadeias de commodities.

Este pesquisador ajudará na coordenação do planejamento e das atividades de campo, na entrada e organização dos dados, na análise após os trabalhos de campo, assim como a manter a comunicação entre os pesquisadores a respeito do desenvolvimento destas tarefas. Também é esperado que o pesquisador contribua e lidere artigos científicos relacionados ao projeto.

O candidato deve ter título de doutor em Ciências Ambientais, com experiência em pesquisa empregando metodologias integradas e de múltiplos níveis de análise dos processos sociais e biofísicos do uso da terra e mudanças da cobertura vegetal em biomas tropicais, conhecimento de metodologias de ciências sociais e ecologia, incluindo ferramentas de análise espacial de sensoriamento remoto e SIG para integrar estudos de casos com modelos regionais e globais de mudanças de uso e cobertura vegetal, experiência nas abordagens acima para avaliar como as instituições e os arranjos institucionais modificam os fatores que causam as mudanças de cobertura vegetal e os impactos sociais e ecológicos destas mudanças.

Os interessados devem enviar os seguintes documentos até 01/10/10: carta de apresentação indicando a razão de interesse na bolsa com um breve relato de sua experiência, curriculum vitae completo e três cartas de recomendação.

Enviar documentos até o dia 01/10/10 para:

Dr. Roberto Araújo de Oliveira Santos Júnior

Centro de Ciências do Sistema Terrestre - CCST

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE

Av. dos Astronautas, 1758, Jardim da Granja

12227-010, São José dos Campos, SP


Confira o edital completo em português e inglês

Outras informações podem ser obtidas por e-mail endereçado ao Dr. Roberto Araújo de Oliveira Santos Júnior: raos4@terra.com.br

Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial