Vídeo Mostra Sonda Hayabusa 2 Japonesa Saltando no Asteroide Ryugu ao Coletar Amostras

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada ontem (08/05) no site “Canaltech” destacando que um vídeo liberado pela JAXA japonesa mostra a Sonda Espacial Hayabusa 2 saltando no Asteroide Ryugu ao coletar amostras.

Duda Falcão

HOME - CIÊNCIA – ESPAÇO 

Vídeo Mostra Sonda Japonesa Saltando no Asteroide Ryugu ao Coletar Amostras 

Por Daniele Cavalcante
Canaltech
Fonte: ArsTechnica
08 de Maio de 2020 às 16h21

A espaçonave japonesa Hayabusa2 pegou amostras da superfície do asteroide Ryugu duas vezes - a primeira em fevereiro de 2019 e a segunda em julho. Agora, um novo estudo publicado pela equipe da missão detalha o que a sonda “viu” no local quando desceu à superfície da rocha - e disponibilizou um vídeo do momento de captura da amostra.

Quando a sonda tocou a superfície do Ryugu, disparou um pequeno projétil para arrancar alguns detritos da rocha. Então, deu um pequeno pulo sobre a superfície, apenas o suficiente para pegar as amostras, e voltou à sua órbita. Essas amostras chegarão à Terra ainda este ano. Até lá, os cientistas estão analisando os dados que a sonda registrou durante a manobra.


Com pouco menos de um quilômetro de diâmetro, Ryugu tem uma forma semelhante à de um diamante. De perto, parece uma pilha de entulho - afinal, ele é formado em grande parte a partir de fragmentos de um objeto que foi destruído por impactos cósmicos. Mas existem alguns padrões de cores interessantes nessa confusão: sua superfície é uma mistura de material escuro com reflexos levemente avermelhados ou azulados.

O azul é predominante nos polos e no equador, enquanto o vermelho domina as regiões de latitude média. Os pedregulhos são principalmente azulados, com manchas avermelhadas na superfície. E o local onde a Hayabusa2 pegou suas amostras era inicialmente azulado, mas foi revestido pelo vermelho depois que a poeira criada pelo projétil baixou. Por isso, a cor avermelhada na latitude média parece ser marcas de alterações ou até mesmo impactos no asteroide.




(Imagem: Morota/Science)
Linha do tempo proposta pelos pesquisadores para a evolução do Ryugu.

Outra possibilidade são as interações com as partículas carregadas do vento solar, capazes de gerar reações químicas na superfície de um objeto. No entanto, os pesquisadores deduzem que a cor vermelha é resultado de uma aproximação do Sol no início da vida do Ryugu. A equipe pode até mesmo estimar quando o asteroide esteve próximo do Sol examinando a idade de suas crateras de impacto.

Assim, eles calcularam que o episódio de avermelhamento ocorreu entre 300.000 e 8 milhões de anos atrás. Eles também calculam que Ryugu provavelmente se formou cerca de 9 milhões de anos antes do avermelhamento. A equipe espera que a Hayabusa2 tenha capturado parte do material avermelhado e também da rocha azul, então é possível que possam analisar todos esses pormenores sobre a história do asteroide quando a sonda chegar no final deste ano.


Fonte: Site Canaltech -  https://canaltech.com.br 

Comentário: Leitor, vamos falar sério. Veja o que uma verdadeira agência espacial como a JAXA japonesa está fazendo sob a superfície deste asteroide, e olha que ela é apenas uma das agencias espaciais do mundo com resultados significativos como esse no espaço. Enquanto isso, 'veja aqui' um informativo denominado “Fatos que Marcaram a Área Espacial em 2019” publicado recentemente pela Agência Espacial Brasileira (AEB). Note que, fora algumas notícias relevantes da área educacional, do lançamento do CBERS-4 e do Floripasat-1 e da aprovação pelo Congresso da AST (mesmo assim sem qualquer relevância com as atividades da agência) o resto é puramente ‘enchimento de linguiça’ como dizemos na imprensa. Amigo leitor, ou o Governo Bolsonaro faz o que tem de ser feito e como sugerido na histórica CARTA DE FOZ DO IGUAÇU, transferindo essa agencia de brinquedo do MCTIC para Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República (como aliás era anteriormente) e resgatando assim a força política que a agência precisa e dando ao seu presidente uma espécie de status de ministro, ou então esse órgão continuará apresentando resultados pífios e servindo de ‘cabide de emprego’ para muita gente.

Comentários

  1. Duda, me tira uma dúvida. Quando é que supostamente o VLM-1 será lançado oficialmente ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      Bom, depois da 'Cagada' da Avibras com o motor S50, qualquer previsão em todo deste foguete tornar-se um mero exercício de fantasia. Todas as previsões Anônimo desceram pelo ralo, e se vc é religioso, eu lhe diria que agora só mesmo Deus pode responder essa sua pergunta com propriedade. Valeu???

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. Não sou religioso, sou agnóstico. Enfim, só nos basta esperar e esperar. Vlw Duda!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite