Espaço Será o Ambiente de Muitos Projetos da Rússia

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada hoje (10/01) no site “Diário da Rússia” destacando o espaço em 2013 será o ambiente de muitos projetos da Rússia.

Duda Falcão

TECNOLOGIA

Espaço Será o Ambiente de Muitos
Projetos da Rússia

Naves, satélites, módulo inovadores e pesquisas
científicas estarão em destaque

10/01/2013 - 08h00

A Rússia planeja, em 2013, testar dois novos veículos lançadores de satélites (VLS), o Angará e o Soiuz-2.1V, atracar o módulo Nauka ao segmento russo da Estação Espacial Internacional (ISS) e lançar o primeiro satélite privado e o primeiro cargueiro privado ao espaço. Confira os planos do país para esses e outros projetos espaciais de destaque para 2013.

O primeiro Voo do VLS Angará

A Rússia tem projetos espaciais em muitas áreas neste ano

O lançamento do novo VLS ecologicamente correto, o Angará, será realizado no segundo semestre de 2013, a partir do centro de lançamentos espaciais de Plesetsk. Os trabalhos no projeto começaram em 1995. Seu bloco básico, o módulo de foguete universal, será utilizado para a construção de uma família inteira de naves de diferentes classes para, inclusive, substituir o Proton.

Soiuz de Pequeno Porte

Em 2013, será realizado o primeiro lançamento do VLS Soiuz-2.1V, versão de pequeno porte do famoso foguete Soiuz, desenvolvido pelo centro de pesquisa e desenvolvimento em tecnologias espaciais Progress, em Samara, na região do Rio Volga. A intenção inicial era lançar o foguete do centro de lançamentos de Plesetsk em outubro de 2012, mas um acidente durante o teste com o primeiro estágio da nave no local adiou o lançamento.

O Módulo Nauka Será Atracado à ISS

Desenvolvido desde 1995 a partir do módulo de carga Zaria, o Nauka será atracado ao módulo russo Zvezda da ISS. O módulo Pirs, atualmente atracado ao Zvezda, será retirado do serviço e afundado.

O Nauka possui o braço robótico europeu ERA, uma câmara de despressurização, um banheiro e três postos de trabalho para astronautas. Segundo o presidente da Corporação de Foguetes Espaciais Energuia, Vitali Lopota, o módulo será lançado pelo foguete Proton no último trimestre do ano.

Voo Tripulado à ISS em Regime Expresso

No final de março de 2013, será testado o novo regime de voo tripulado em direção à ISS, que permite realizar a viagem em seis horas. Antes, eram necessárias 48 horas para cumprir o percurso. A viagem direta é mais cômoda para os cosmonautas. A Soiuz irá atracar à ISS após quatro voltas em torno da Terra.

Um esquema semelhante foi testado já nos tempos da União Soviética. Desde então, o equipamento das naves espaciais se tornou mais sofisticado, o que permite criar condições mais confortáveis para a tripulação durante o voo direto.

O regime de voo rápido foi avaliado também pelo cargueiro Progress. A tripulação selecionada para o primeiro voo expresso será composta pelos cosmonautas russos Pavel Vinogradov e Aleksandr Misurkin e pelo astronauta norte-americano Christopher Cassidy.

Primeiro Satélite Privado

A empresa espacial russa Dauria Aerospace pretende, em 2013, lançar seu primeiro veículo espacial, um satélite que foi. Trata-se do primeiro satélite totalmente construído com o investimento privado da Rússia. No final de 2012, a companhia venceu a licitação aberta pela Agência Espacial Russa (Roskosmos) para a construção de satélites baseados no padrão CubeSat.

A Dauria Aerospace planeja criar dois grupos de satélite, dos quais um será destinado à retransmissão de informações emitidas por outros veículos espaciais, enquanto o outro terá como missão o sensoriamento remoto da Terra.

Novo Satélite para a Fotografia Espacial

Em 2013, a Rússia pretende lançar O satélite Resurs-P, projetado para obter imagens da superfície terrestre com até 70 centímetros de resolução, deve ser lançado pela Rússia neste ano. O equipamento foi desenvolvido pelo centro de pesquisa e desenvolvimento em tecnologias espaciais Progress para substituir o Resurs-DK1, em órbita desde 2006 e o único satélite civil russo projetado para fazer imagens de alta resolução.

Biossatélite Bion-M1

O biossatélite russo Bion será lançado em abril de 2013, disse o diretor do centro de pesquisa e desenvolvimento em tecnologias espaciais Progress, Aleksandr Kirilin. O equipamento levará a bordo 45 camundongos comuns e oito gerbos, além de 15 tritões e caracóis, 30 a 40 microrganismos e plantas. Todos os tripulantes estarão em gravidade zero por cerca de 30 dias.

O primeiro biossatélite Bion foi lançado em 1973, e o último, em 1996. Os equipamentos russos desta série foram projetados para a realização de experiências na área de biologia espacial em gravidade zero. Após a missão, os organismos vivos (bactérias, cultura de tecidos, plantas inferiores e superiores, insetos e outros) retornam à Terra em uma cápsula.

Construção de Rede de Comunicação via Satélite

No primeiro trimestre de 2013, a Rússia irá lançar três satélites para completar uma constelação de satélites de órbita baixa do sistema de comunicação pessoal via satélite Gonets (Mensageiro). Com o lançamento, o número de veículos espaciais que compõem a constelação chegará a oito. Assim, o segmento orbital do sistema estará completamente pronto, segundo informou o diretor-geral da companhia aberta Sistema via Satélite, Dmítri Bakanov.


Fonte: Site Diário da Rússia - 10/01/2012

Comentário: Ta vendo ai presidente CHUCKY? Mesmo o governo Russo tendo um histórico que não é lá essas coisas em relação ao seu povo, pelo menos vem tendo nos últimos anos uma melhor compreensão, atitude e compromisso com o futuro de seu país. Enquanto isso, a senhora e seus energúmenos de plantão tem a petulância de enviar um orçamento para o Congresso de menos de R$ 200 milhões para atividades espaciais em 2013 de nossa agência espacial, e no ano passado aplicar irresponsavelmente na ACS o valor de R$ 189 milhões num projeto desastroso para a nação, fora o que vem aplicando em estádios de futebol e outras ações eleitoreiras. Até o dia 07/01, quando tomei ciência desse orçamento, a senhora vinha sendo tratada em nosso blog com respeito, mas agora isso acaba, e a madeira vai comer, pelo menos até o dia 30/06/2013, quando então as atividades do blog serão encerradas, pois não tenho mais paciência com pessoas como à senhora, além de está completamente enojado com toda essa situação. Se o Raupp infelizmente não tem bolas para vir a público e dizer as verdades que precisam ser ditas para sociedade em relação as suas atitudes, como teve por um breve momento a presidente da SBPC, Helena Nader, mulher de valor, eu tenho e farei isso até a data acima citada. Mas não se vanglorie, a minha saída não significará sua tranquilidade e de sua corja, pois haverá de surgir entre os brasileiros de verdade alguém que irá lutar contra artimanhas e atitudes de pessoas como a senhora, e um dia vocês haverão de ter o que merecem. O mundo dá muitas voltas, jamais esqueça disso.

Comentários

  1. É duro perceber que se houvesse o mínimo de inteligência e preocupação com os interesses nacionais, muitos acordos com a Rússia já poderiam estar em andamento (inclusive na área de propulsão aeronáutica), como fez a Coréia do Sul, tirando o Brasil dessa situação de atraso e dependência tecnológica que se encontra hoje, tendo que comprar conversores DC para seus satélites em empresas americanas desqualificadas.

    É uma caso típico onde os governantes e principalmente dos diplomatas (como o nosso atual ministro da defesa), não souberam tirar proveito de oportunidades surgidas.

    Logo que a União Soviética se dissolveu, havia inúmeras e enormes oportunidades de negócio, com amplas vantagens para as outras partes, mas por aqui, preferiram se aliar aos "ditadores populistas" locais, financiando-os com mais benesses na área de gás e energia elétrica, mesmos que às custas dos contribuintes e micro acionistas brasileiros.

    Acorda Povão!

    ResponderExcluir
  2. O primeiro lançamento do novo foguetão Angara só deverá ter lugar em 2014. Definitivamente, não terá lugar em 2013.

    ResponderExcluir
  3. Olá Rui!

    Bom amigo, seja em 2013 ou em 2014, pelo menos o Angara Russo vai ser lançado, já o nosso VLS-1 está caminhando para ser o maior engodo da história da Astronáutica mundial, isto é, se já não é.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  4. Caro Duda,

    Há lugar a uma correcção no meu comentário anterior. O primeiro lançamento do Angara será em 2013 (OUtubro / Novembro), mas será somente um voo suborbital. Em 2014 será a primeira missão orbital.

    As minhas desculpas pela confusão!

    Um abraço!

    Rui C. Barbosa

    ResponderExcluir
  5. Olá Rui!

    Tudo bem amigo, erros acontecem, somos humanos.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial