O Mercadante, o PEB e o Futuro do Brasil

Olá leitor

O ministro Aloizio Mercadante foi entrevistado no programa "Canal Livre" da Rede Bandeirantes pelos jornalistas Joelmir Beting, Antônio Teles e Fernando Mitre.

O programa foi exibido dia 13/02 pela Rede Bandeirantes de Televisão e durante a sua exibição o ministro Mercadante apresentou os planos de sua gestão para melhorar o setor de Ciência e Tecnologia do país.

Entretanto, em pouco mais de 57 minutos de programa, infelizmente o ministro não citou, nem se quer por um breve momento o “Programa Espacial Brasileiro”. (Veja na integra o programa abaixo).

Programa “Canal Livre” - Rede Bandeirantes - 13/02/2011

Amanhã, dia 28/02, o ministro Mercadante estará desembarcando pela segunda vez esse ano (na primeira em 10/01 o ministro visitou o INPE e o Parque Tecnológico de São José dos Campos) para ministrar a “Aula Magna” do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), para inaugurar o “Laboratório de Identificação, Navegação, Controle e Simulação do DCTA/IAE” (importante laboratório para o PEB) e para se reunir com os militares do DCTA.

Consideramos essa reunião no DCTA crucial e histórica, devido aos compromissos que serão assumidos pelo ministro junto aos militares, já que a depender do que for assumido e cumprido nos próximos anos, poderá significar o sucesso ou não do programa espacial do país.

Diversos assuntos deverão ser abordados, mas acreditamos que os principais sejam a insatisfação do “Comando da Aeronáutica” com essa mal engenhada empresa ACS, o apoio incondicional do governo aos programas de veículos lançadores de satélites e de sondagens brasileiros em curso no DCTA/IAE, a reposição em caráter de urgência de servidores, o investimento em infra-estrutura e tecnologias críticas, o corte do orçamento anunciado, dentre outros.

Com sua visita ao DCTA o ministro Aloizio Mercadante fecha os compromissos com o setor espacial, já que em janeiro o mesmo esteve no INPE e no Parque Tecnológico de São José dos Campos, fazendo promessas e assumindo compromissos em diversas áreas.

Caberá agora ao ministro meter a mão na massa e mostrar a comunidade espacial do país que sua gestão será baseada em atitude e que a "era" dos ministros Menestréis ficou para trás. Tens sua oportunidade ministro, saiba aproveitar.

Duda Falcão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial