Estações Terrestres do SGDC Estão Prontas Para Levar Internet a Todo Canto do País

Olá leitor!

Segue agora uma nota postada dia (23/08) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) destacando que Estações Terrestres do SGDC já estão prontas para levar internet a todo canto do país.

Duda Falcão

Estações Terrestres do SGDC Estão Prontas
Para Levar Internet a Todo Canto do País

Ministro Gilberto Kassab visitou as instalações da
estação de Florianópolis nesta quinta-feira (23).

Por ASCOM
Publicado 23/08/2018 - 15h38
Última modificação 23/08/2018 - 15h39

Foto: Ascom/MCTIC
Ministro visita gateway do SGDC em Florianópolis.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, esteve em Florianópolis (SC) nesta quinta-feira (23) para visitar as instalações da estação terrestre (gateway) do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). É a segunda estação que Kassab visita. A primeira foi a estação de Brasília. Ao todo, o satélite conta com mais três gateways: Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), e Campo Grande (MS).

O ministro ficou impressionado com os equipamentos e a tecnologia utilizada para manter a estação. Segundo ele, a estrutura já instalada para levar internet com conexão de banda larga para todo o país permitirá, em pouco tempo, atingir a meta de colocar 200 antenas por dia nos lugares mais remotos do Brasil. As estações terrestres são responsáveis pelo tráfego de dados do satélite geoestacionário, que entrou em órbita em maio de 2017.

As cinco estações já estão operacionais, à disposição do satélite. E, segundo o gerente de infraestrutura da Telebras, Rodrigo Machado, até o final de setembro deste ano, todos os equipamentos já estarão instalados para potencializar a conexão de internet via satélite. Cada gateway recebe transmissões do SGDC, processa chamadas e distribui as transmissões para a rede terrestre. A estação de Florianópolis está instalada no Destacamento de Controle do Espaço Aéreo, na Base Aérea da capital de Santa Catarina, mas controlada, como as demais estações, pelos Centros de Operações Espaciais (COPEs) do satélite, que ficam em Brasília e no Rio de Janeiro.

Participaram da visita o comandante da Base Aérea de Florianópolis, Luiz dos Santos Alves, o diretor financeiro da Telebras, Paulo Ferreira, o assessor especial do ministro, Marcus Vinicius Sinval e o diretor comercial da Telebras, Alexsandro Magalhães.


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC)

Comentário: Pois é, tá ai a notícia sobre esse trambolho francês.

Comentários

  1. Apesar das críticas a esse projeto, que ainda nao sei pessoaalmente dizer se sao pertinentes, estando pronto, ele deve ser usado da melhor maneira possível. E ao que parece, seu objetivo social será importantissimo, levando internet a regioes que tem comunidades isoladas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022