Reitor do ITA Vai Cuidar de Foguetes

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria publicada hoje (27/09) no site do jornal “O VALE” confirmando que o diretor do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Brigadeiro Reginaldo dos Santos, deverá assumir a direção-geral da mal engenhada empresa bi-nacional “Alcântara Cyclone Space (ACS)”.

Duda Falcão

NOSSA REGIÃO

Reitor do ITA Vai Cuidar de Foguetes

Ministro quer brigadeiro no comando da Cyclone,
empresa binacional que gerenciará o lançamento de
foguetes a partir da base de Alcântara

Chico Pereira
São José dos Campos
September 27, 2011 - 04:02

Divulgação
O reitor do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), brigadeiro Reginaldo dos Santos, deve assumir o comando da empresa binacional Alcântara Cyclone Space, formada pelo Brasil em parceria com a Ucrânia para promover lançamentos de satélites comerciais.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, anunciou a indicação do brigadeiro para o posto nesta semana.

A assessoria do MCTI informou que o reitor foi indicado, mas não há data definida para a nomeação oficial.

Por meio de sua assessoria, o brigadeiro Reginaldo dos Santos informou que recebeu o convite para gerenciar a ACS, mas irá se pronunciar somente após conversar com o ministro Mercadante.

Possivelmente, o brigadeiro deve assumir o gerenciamento da ACS após a conclusão do processo de escolha do novo reitor do ITA.

De acordo com a assessoria da escola, a lista tríplice com os nomes selecionados deve ser encaminhada ao Comando da Aeronáutica em outubro. Oito pessoas se inscreveram para disputar o cargo.

Reativação - Após permanecer no arquivo no início do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), o MCTI e a Agência Espacial Brasileira retomaram o programa da Alcântara Cyclone Space.

O presidente da AEB, Marco Antonio Raupp, esteve na Ucrânia em julho e, na semana passada, uma delegação da Ucrânia esteve em Brasília.

Na pauta das conversações, a viabilização da nova empresa e o estreitamento da cooperação espacial entre as partes.

A ACS foi constituída para a execução de missões de lançamento de satélites comerciais a partir da base de Alcântara (MA). Os satélites seriam lançados pelo foguete Cyclone-4, desenvolvido pela Ucrânia.

O programa enfrenta resistência da Aeronáutica, que quer prioridade para o programa do VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites), em fase de desenvolvimento no IAE (Instituto de Aeronáutica e Espaço), em São José.


Fonte: Site do jornal “O VALE” - 27/09/2011

Comentário: É com extremo pesar leitor que confirmo essa notícia divulgada anteriormente aqui no blog. Confesso que não estou nada surpreso com essa ardilosa jogada política do governo DILMA e de seu ministro Mercadante, porém confesso está profundamente decepcionado com a ingenuidade aparente demonstrada até aqui pelo Comando da Aeronáutica (COMAER), e sinceramente torço para que essa possibilidade seja rechaçada o mais rápido possível. É bem verdade que não sabemos se é possível a recusa do Brigadeiro Reginaldo dos Santos, mas se assim for, infelizmente estarão colocando definitivamente a “Mordaça” no Comando da Aeronáutica que eles precisavam para levar esse vergonhoso acordo em águas mais tranqüilas. Quanto ao COMAER, só restará dizer amém. Estão criando as condições para o golpe final nos programas de veículos lançadores do DCTA/IAE, mas felizmente essa empresa não deverá ter uma vida longa pelas diversas situações já apresentadas pelo blog e ainda agora essa (ter um militar a frente da empresa não será bem visto pelo mercado internacional e nem pelos países do clube espacial, dificultando ainda mais sua atuação), mas terá uma sobrevida capaz de atrasar ainda mais o verdadeiro PEB. Lamentável!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial