Raupp e Noronha Participam de Programa da TV Brasil

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (08/09) no site da “TV Brasil” (Canal 116 para quem tem SKY) informando que na próxima segunda-feira (12/09), às 22h30, o programa “Brasilianas.org”, apresentado pelo jornalista Luís Nassif terá como tema o "Programa Espacial Brasileiro". O programa contará com a participação do presidente da AEB, Marco Antônio Raupp, e do pesquisador Petrônio Noronha de Souza, chefe do Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE.

Duda Falcão

Novidades - Brasilianas.org

Seg,12/09 - às 22h30

Programa Espacial Brasileiro

Participam o presidente da Agência Espacial Brasileira
e representante do INPE

Publicado em 08/09/2011 - 15h49
Atualizado em 09/09/2011 - 13h31

O Brasilianas.org de segunda-feira (12), às 22h30, terá como tema o Programa Espacial Brasileiro. O programa é comandado pela Agência Espacial Brasileira, que tem a função de coordenar e repassar verbas para os braços civil do programa, representado pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), dedicado ao desenvolvimento de satélites e subordinado ao Ministério da Ciência e Tecnologia; e o militar, representando pelo IEA (Instituto de Aeronáutica e Espaço), ligado ao DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), que desenvolve lançadores e foguetes e é subordinado ao Ministério da Defesa.

O Projeto Nacional de Atividades Espaciais (PNAE) está sendo revisado novamente – quatro documentos foram escritos desde a primeira edição, em 1996. Uma das principais idéias é a fusão da Agência Espacial Brasileira com o INPE, defendida por Marco Antônio Raupp, presidente da Agência.

O programa tem um orçamento de R$ 332 milhões de reais, pouco comparado com o de outros BRICS, como a Índia, que investiu US$ 1 bilhão em 2009. A necessidade seria de, ao menos, R$ 500 milhões somente para o programa do INPE. Apesar da falta de recursos, o Brasil tem uma das bases de lançamento (Centro de Lançamento de Alcântara) mais bem localizadas do planeta. Próxima à linha do Equador, os lançamentos realizados lá podem economizar até 30% de combustível.

O Brasilianas.org quer debater as dificuldades do Programa, como as indefinições orçamentárias e a falta de pessoal capacitado, a revisão do Projeto Nacional de Atividades Espaciais, além das parceiras com outros países e a participação do setor privado.

Para discutir o assunto, Luís Nassif recebe, nos estúdios da TV Brasil, Marco Antônio Raupp, presidente da Agência Espacial Brasileira; e Petrônio Noronha de Souza, chefe do Laboratório de Integração e Testes do INPE.


Fonte: Site da TV Brasil - http://tvbrasil.org.br

Comentário: Vale a pena conferir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022