FAB Inicia Ensaios de Motor de Combustão Supersônica

Olá leitor!

Segue um pequeno artigo postado hoje (28/06) no site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) informando que o instituto iniciou os ensaios do motor de combustão supersônica do "Veículo Hipersônico 14-X".

Duda Falcão

FAB Inicia Ensaios de Motor
de Combustão Supersônica

28/09/2011

O Instituto de Estudos Avançados (IEAv) iniciou os ensaios de obtenção de parâmetros de escoamento em motor de combustão supersônica. Os ensaios foram feitos no Túnel de Choque T3, no Laboratório de Aerotermodinâmica e Hipersônica Prof. Henry T. Nagamatsu.

O motor que está sendo ensaiado faz parte do desenvolvimento do Veículo Aeroespacial Hipersônico Brasileiro 14-X, um demonstrador tecnológico dos conceitos de “waverider” e “SCRAMJET”. O waverider é uma geometria projetada especificamente para voar em regimes supersônicos ou hipersônicos, utilizando uma onda de choque atada ao seu bordo de ataque para gerar sustentação. Já o conceito de SCRAMJET (Supersonic Combustion RAMJET) é o estato-reator aspirado que produz empuxo ao veículo, utilizando ondas de choque para comprimir o escoamento, em substituição ao tradicional conjunto turbina-compressor, possibilitando sua operação nas elevadas velocidades de projeto.

Os objetivos dos ensaios em Túnel de Choque da geometria do motor são avaliar as condições do escoamento na entrada, interior e rampa de saída do motor, e como se comporta a injeção do combustível em regime supersônico. Os resultados obtidos serão usados para avaliar características de desempenho do motor do veículo.

Motor de combustão supersônica instalado no Túnel T3 do IEAv


Fonte: Site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

Comentário: Boa notícia e parece que seguem normalmente os procedimentos que visam lançar em um vôo atmosférico uma versão desse veículo em 2013. Será mesmo? Vamos aguardar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial