INPE Recebe Presidente da Agência Espacial Brasileira

Caro leitor!

Segue abaixo uma notícia postada ontem (08/02) no site oficial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que o novo presidente da Agencia Espacial Brasileira (AEB), o Eng. Carlos Augusto Teixeira de Moura, esteve nesta quinta-feira (07/02) em visita oficial a sede do instituto em São José dos Campos (SP).

Duda Falcão

NOTÍCIA

INPE Recebe Presidente da
Agência Espacial Brasileira

Por INPE
Publicado: Fev 08, 2019

São José dos Campos-SP, 08 de fevereiro de 2019

O novo presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Augusto Teixeira de Moura, fez primeira visita oficial ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) na manhã desta quinta-feira (07/02). Recebido pelo diretor Ricardo Galvão, coordenadores e representantes de áreas e projetos do Instituto, Moura estava acompanhado do assessor Paulo Vasconcellos e de Cristiano Augusto Trein, diretor de Política Espacial e Investimentos Estratégicos da AEB.

Na sede do INPE, em São José dos Campos (SP), os dirigentes abordaram o andamento de programas como o CBERS, desenvolvido em parceria com a China, missões científicas e o domínio tecnológico pelo Brasil de sistemas espaciais, entre outros temas.

Após a reunião, a comitiva da AEB visitou o Centro de Rastreio e Controle (CRC), responsável pela operação em órbita dos satélites desenvolvidos pelo INPE ou em cooperação com instituições estrangeiras. Também conheceram as instalações do Programa de Clima Espacial (Embrace), onde fenômenos solares são monitorados para evitar interferências em satélites e sistemas de geração de energia, por exemplo.

A visita contemplou ainda o Laboratório de Integração e Testes (LIT), que está equipado com as mais avançadas tecnologias para atender ao Programa Espacial Brasileiro. Atualmente, o LIT realiza os últimos testes no CBERS-4A, que será transportado em maio para lançamento na China. Também estão em curso as atividades do Amazonia-1, primeiro satélite de Observação da Terra totalmente nacional, que será lançado em 2020.

Visita às instalações do LIT, onde o satélite CBERS-4A
passa pelos últimos testes preparatórios para o
lançamento, no segundo semestre deste ano.
Reunião entre dirigentes do INPE e AEB.
Visita ao Centro de Rastreio e Controle de Satélites do INPE.
Visita às instalações do Embrace, o Programa de
Clima Espacial do INPE.

Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentário: Bom, bom, muito bom mesmo, repetindo a iniciativa que já havia realizado no IEAv e espero que realmente tenha ido ao INPE motivado para encontrar soluções que resolvam os problemas que impedem o desenvolvimento espacial brasileiro. Sugiro também que visite o IAE, o IFI, o CLA e o CLBI, pois todas essas instituições convivem com os seus próprios problemas que precisam ser equacionados se quisermos tem um sistema espacial dinâmico e eficiente que traga retorno a Sociedade Brasileira. No CLBI sugeriria ao Se. Eng. Moura que converse com o pessoal para dar uma finalidade a antiga plataforma de lançamento do Foguete Sonda IV, ou revitalizando-a para uso, ou desmontando-a para ser exposta ou no MAB em SJC, ou então no próprio Museu do CLBI. O que não pode é essa peça histórica continuar sendo destruída exposta como está sem uso e sem manutenção a beira da costa norte-rio-grandense. Outra sugestão é que esse mesmo circuito que o senhor esta fazendo seja feito também pelo Ministro Marcos Pontes, quanto pelo Presidente Jair Bolsonaro, atitude esta que transmitiria para toda Comunidade Espacial uma grande confiança em novos rumos para o setor espacial. Aproveitando a oportunidade Eng. Moura, volto a insistir na ideia da reunião do senhor e do Ministro Marcos Pontes com os CEOs das startups espaciais brasileiras, pois considero essa ação de suma importância para uma mudança de rumo governamental tornando-a muito mais efetiva e antenada com a nova realidade do modelo “New Space” adotado atualmente em todo mundo. Eng. Moura, esses profissionais querem a oportunidade de mostrar o que eles e suas pequenas empresas são capazes de fazer, e para tanto precisam que o governo faça a sua parte.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Ouviu o Barulho no Céu? Entenda o Fenômeno Que Assustou os Brasileiros no Último Final de Semana

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro