Asteroide Gigantesco Faz Cientista Americano Buscar Um Meio Para Evitar Colisão Devastadora

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia publicada dia (22/02) no site do Sputnik News Brasil destacando que Asteroide Gigantesco faz com que cientista norte-americano busque um meio para evitar colisão devastadora.

Duda Falcão

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Asteroide Gigantesco Faz Cientista Buscar
Um Meio Para Evitar Colisão Devastadora

Em documentário, cientista revela como poderia salvar a
humanidade de um arrasador asteroide.

Sputnik News Brasil
22/02/2019 - 11:28

CC BY 2.0 / Ruuttu
Colapso entre um asteroide e a Terra.

Diversos debates surgiram depois que a NASA admitiu que um asteroide pode vir a atingir diretamente a Terra.

O asteroide Apophis 99942 de 3,2 quilômetros de diâmetro orbita nas proximidades da Terra, sendo assim, ele continua sendo uma grande ameaça, segundo o Daily Express.

Anteriormente, a NASA revelou que a possibilidade de ele impactar com a Terra correspondia a 2,7%, e que isso poderia acontecer apenas em 2029. Entretanto, mais recentemente, a NASA afirmou a chance de o asteroide atingir a Terra em 2068 é de uma em 150.000.

Jay Melosh, geofísico norte-americano, declarou que não há motivos para temer, pois ele descobriu como salvar o planeta, enfatizando que um espelho poderia ser utilizado como uma lupa.

"Assim que atingirmos o asteroide, iniciaremos a vaporização do material e assim que ele vaporizar, o asteroide será empurrado para outro caminho", declarou o geofísico.

Dessa maneira, ele pretende atingir o asteroide com uma luz até que o corpo celeste sofra a vaporização, para isso é necessário alterar a velocidade do asteroide para um centímetro por segundo, o que pode mudar o percurso, evitando uma eventual colisão com a Terra.

Caso um asteroide como o Apophis atingisse uma cidade, como, por exemplo, Boston, ele criaria uma cratera de aproximadamente 10 quilômetros de diâmetro, ou seja, destruiria quase completamente a cidade, concluiu Jay Melosh.


Fonte: Site Sputniknews Brasil - http://br.sputniknews.com/

Comentário: Será mesmo que uma lupa gigante seria capaz de realizar essa façanha? Isso eu não sei leitor, o que eu sei é que já deveríamos está trabalhando em soluções efetivas, antes que a vaca vá pro brejo. Melhor prevenir do que remediar.

Comentários

  1. Até aonde se sabe esse asteroide tem entre 350 e 500 metros de diâmetro no máximo, não sei de onde saiu essa informação totalmente equivocada que este asteroide tem 3,2 km diâmetro. Se ele tivesse realmente esse diâmetro já pode ir começando a rezar

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial