Cientistas Anunciam Descoberta de Terceiro Exoplaneta Por Novo Observatório Espacial da NASA

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada ontem (07/01) no site do jornal “O Globo” informando que Cientistas anunciaram descoberta de terceiro exoplaneta por novo Observatório Espacial da NASA.

Duda Falcão

CIÊNCIA

Cientistas Anunciam Descoberta de
Terceiro Exoplaneta Por Novo
Observatório Espacial da NASA

Objeto detectado pelo Tess tem cerca de três vezes o tamanho e 23 vezes
a massa da Terra e é o mais afastado de sua estrela entre os
encontrados até agora, com ‘ano’ de 36 dias

Por Cesar Baima
Jornal O Globo
07/01/2019 - 20:15

Foto: Divulgação/NASA
lustração mostra o observatório espacial Tess e alguns exemplos
de exoplanetas que os cientistas pretendem encontrar com o
equipamento, lançado em abril do ano passado.

RIO – Cientistas anunciaram nesta segunda-feira o terceiro planeta extrassolar – isto é, que orbita uma estrela que não nosso Sol - descoberto pelo Tess, novo observatório espacial da NASA lançado em abril do ano passado com o objetivo de buscar estes objetos, também conhecidos como exoplanetas.

Segundo os pesquisadores, o planeta, designado HD 21749b, orbita uma estrela anã a cerca de 53 anos-luz de distância na direção da constelação austral de Reticulum (Rede). Com tamanho estimado em aproximadamente três vezes o da Terra, ele está no limite inferior de um tipo conhecido como “sub-Netuno”.

O HD 21749b também é o exoplaneta que orbita mais afastado de sua estrela entre os três detectados pelo Tess até agora, com um “ano” de 36 dias, contra um período orbital de 6,3 dias de Pe Mensae b, uma “super-Terra” a cerca de 60 anos-luz de distância na direção da constelação de Mensa, e de apenas 11 horas no caso de LHS 3844b, mundo rochoso pouco maior que o nosso, encontrados anteriormente.

Como a “estrela-mãe” do novo exoplaneta é um pouco menor e mais fria que o Sol, os cientistas liderados por Diana Dragomir, do Instituto Kavli de Astrofísica e Pesquisas Espaciais do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), calculam que a temperatura na sua superfície deve girar em torno dos 148 graus Celsius, relativamente amena tendo em vista sua proximidade da estrela.

Mas o que surpreendeu mesmo os cientistas foi a massa no novo exoplaneta. De acordo com as estimativas, apesar de ter um diâmetro cerca de três vezes maior que a Terra, ele tem aproximadamente 23 vezes a massa de nosso planeta. E embora seja improvável que tenha natureza rochosa, sua atmosfera deve ser muito mais densa que as dos nossos vizinhos Urano e Netuno.

- Este planeta provavelmente tem a densidade da água, ou uma atmosfera muito grossa – resume Diana, que apresentou a descoberta nesta segunda-feira em palestra na 223ª Reunião da Sociedade Astronômica Americana, que acontece deste domingo a quinta em Seattle, no estado americano de Washington.



Fonte: Site do Jornal o Globo - http://oglobo.globo.com

Comentário: Pois é leitor, e assim os representantes do TIO SAM e a sua NASA continuam dando seu show particular nesse começo de ano, simplesmente fantástico, e logo atrás vem os chineses.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022