BNDES Vai Lançar Fundo de R$ 170 Milhões

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (23/08) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai lançar fundo de R$ 170 milhões voltados para empresas emergentes inovadoras.

Duda Falcão

BNDES Vai Lançar Fundo de R$ 170 Milhões

Valor Econômico
23-08-2012

Um novo fundo de investimento de capital-semente, voltado para empresas emergentes inovadoras, está sendo lançado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na próxima semana, o banco publica o edital do Criatec II, fundo que nasce com patrimônio de R$ 170 milhões. O novo fundo fará aportes de capital em 36 empresas inovadoras que serão selecionadas por um gestor nacional escolhido pelo banco.

Márcio Spata, gerente do departamento de fundos de investimento da BNDESPar, braço de participações do BNDES, disse que o edital do Criatec II será lançado até quarta-feira e permitirá receber propostas de gestores de fundos de investimento. Caberá ao gestor montar equipes regionais em diferentes Estados para selecionar as empresas nas quais o fundo vai investir. Spata disse que o BNDES poderá participar com até 80% do patrimônio do fundo. O percentual restante caberá a outros investidores.

Com a iniciativa, o BNDES tenta repetir o bom desempenho obtido com a primeira versão do Criatec, lançada em 2007. Na ocasião, o fundo podia investir em empresas com faturamento anual de até R$ 6 milhões. No Criatec II, esse teto será ampliado. O Criatec I montou um portfólio com 36 empresas que receberam aportes de até R$ 1,5 milhão cada uma, em uma primeira rodada.

Spata disse que a ideia é criar condições para lançar as empresas no mercado de capitais. "É uma carteira bastante inovadora." Segundo ele, as empresas da carteira depositaram, até 2010, 19 patentes.


Fonte: Agência Espacial Brasileira (AEB)

Comentário: Essa nos parece uma boa oportunidade para as empresas brasileiras do setor espacial, tanto que a notícia foi postada no site da AEB. Sugiro aos empreendedores do setor que busquem maiores informações sobre esse fundo junto ao BNDES.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial