CEMADEN é Destaque em Workshop Internacional

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (16/08) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) destacando o Centro Nacional de Monitoramento de Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) foi destaque em Workshop Internacional sobre Prevenção de Desastres.

Duda Falcão

CEMADEN é Destaque em Workshop
Internacional Sobre Prevenção de Desastres

16/08/2012 - 18:50

Fotos: Beto Garavello
Ogura destaca papel do CEMADEN em workshop

O Centro Nacional de Monitoramento de Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN/MCTI), foi o grande destaque da palestra “O papel de monitoramento e alerta”, parte do workshop internacional Educação em Prevenção de Desastres Naturais.

A palestra foi ministrada por Agostinho Tadashi Ogura, pesquisador do Laboratório de Riscos Climáticos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e colaborador do CEMADEN, que destacou a importância do monitoramento e controle de riscos em adversidades climáticas e topográficas.

Contando com 105 profissionais, entre geólogos, hidrólogos, especialistas em desastres naturais, tecnologia da informação e administração, o CEMADEN funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. O foco do centro é o monitoramento de situações de risco que possam gerar alertas à população.

Ogura lembrou as dificuldades atuais em prever a chegada de adversidades, como a redução do intervalo entre catástrofes naturais, o adensamento geográfico em regiões com alta densidade pluviométrica e a ocupação territorial desenfreada. “Controle de risco e projetos de planejamento urbano andam juntos. Para facilitar a tomada de decisões, é fundamental mapear e desenvolver hipóteses de situações que levem risco à população”, disse o pesquisador.

Ferramentas

O CEMADEN utiliza diversas ferramentas para mensurar fenômenos meteorológicos ou topográficos, como sensores instalados em estações meteorológicas, radares, pluviômetros, modelos matemáticos e imagens sequenciais. Os efeitos da chuva, por exemplo, podem ser medidos de duas a seis horas de antecedência. Se houver possibilidade de desastre natural, o CEMADEN emite quatro níveis de alerta para grupos de trabalho ligados a autoridades públicas nacionais, estaduais e municipais, além da Defesa Civil.

“Desde junho de 2012, o CEMADEN iniciou a operação 24 horas, monitorando em tempo real 163 municípios brasileiros. A partir dos dossiês de cenários de risco para cada região, avançaremos para uma condição capaz de gerar alertas de risco no menor tempo possível em todo o solo nacional”, ressaltou Ogura.

O workshop Educação em Prevenção de Desastres Naturais foi uma realização da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), com a colaboração do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e da associação Gunma Kenjin-kai do Brasil.

Ogura fala atuação do CEMADEN

Ogura é colaborador do CEMADEN


Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Ouviu o Barulho no Céu? Entenda o Fenômeno Que Assustou os Brasileiros no Último Final de Semana

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro