Novo Satélite CBERS Será Levado Hoje Para Base na China

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia postada ontem (17/10) no site do jornal “O VALE”, destacando que o satélite CBERS-4 estava para ser levado ontem para Base de Lançamento de Taiyuan, na China.

Duda Falcão

HOME

Novo Satélite Será Levado Hoje
Para Base na China

Satélite concluiu com sucesso todas fases de montagem,
Integração e testes, feitas por Brasil e China

São José dos Campos
October 17, 2014 - 00:57

Foto: Arquivo/OVALE
Técnicos do INPE durante testes com o protótipo do CBERS-3.

O quinto exemplar da série de satélites do programa de Satélites Sino-Brasileiro de Sensoriamento Remoto, o CBERS-4, será transportado hoje para a base de lançamento em Taiyuan, na China. O lançamento do CBERS-4 ao espaço está programado para 7 de dezembro.

A informação é do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), sediado em São José dos Campos.

A bateria de testes do projeto realizada na CAST (Academia Chinesa de Tecnologia Espacial), em Beijing, em setembro, confirmou que o satélite concluiu com sucesso todas as fases de sua montagem, integração e testes, realizadas em conjunto por equipes do Brasil e China.

O lançamento do CBERS-4, inicialmente programado para dezembro de 2015, foi antecipado em um ano devido à falha ocorrida com o foguete chinês Longa Marcha-4, no final de 2013, que causou a perda do CBERS-3.

O orbitador foi lançado fora da órbita programada para ele, o que provocou a perda do satélite.

De acordo com o INPE, a antecipação significou um desafio a mais para as equipes dos dois países, que demonstraram ampla competência na preparação do CBERS-4 em conformidade com as rígidas especificações técnicas de um projeto espacial desse porte.

Preparação - A preparação do novo satélite teve início em janeiro deste ano. As atividades iniciaram com o envio para a China da estrutura de carga útil do satélite, que antes estava no LIT (Laboratório de Integração e Testes do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, em São José.

Além dos processos de montagem e integração, a impossibilidade de conserto em órbita tornam imprescindíveis os rigorosos testes para simular em Terra todas as condições que o satélite enfrentará desde o seu lançamento até o fim de sua vida útil no espaço.

Já foram lançados com sucesso o CBERS-1 (1999), CBERS-2 (2003) e CBERS-2B (2007). Este último terminou a vida útil em 2010.

Satélites de sensoriamento remoto são uma poderosa ferramenta para monitorar o território de países de extensão continental, como o Brasil e a China. As imagens obtidas a partir dos satélites da série permitem uma vasta gama de aplicações – desde mapas de queimadas e monitoramento do desflorestamento da Amazônia, da expansão agrícola, até estudos na área de desenvolvimento urbano.

O INPE adotou a política de acesso livre às imagens, uma iniciativa pioneira do instituto. As imagens do CBERS são distribuídas gratuitamente a qualquer usuário pela internet. Segundo dados do instituto, atualmente são mais de 70 mil usuários.

Saiba mais

Transporte

O satélite CBERS-4 será levado hoje para a Base de Lançamento, que fica na China, dentro dos preparativos para o lançamento do orbitador.

Lançamento

O lançamento do satélite está programado para o próximo dia 7 de dezembro.

Substituição

O CBERS-4 irá substituir o CBERS-3, cujo lançamento, ocorrido em dezembro do ano passado, fracassou por falha no foguete chinês.


Fonte: Site do Jornal “O VALE” – 17/10/2014

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial