Nota de Esclarecimento 2 - Missão INCIPE

Olá leitor!

Como prometemos procuramos nos informar melhor sobre a veracidade da iniciativa do “Grupo de Estudos Espaciais (GEE)” do Colégio Mãe de Deus da cidade paranaense de Londrina, que recentemente lançou uma campanha no site vaquinha.com para arrecadar fundos para uma missão espacial intitulada de MISSÃO INCIPE.

Em contato via e-mail com o Prof. Francisco Brenzam Filho, Prof. de Ciências no Colégio Universitário de Londrina, Prof. de Ciências na Escola Villasboas, Prof. de Iniciação à Pesquisa do Colégio Mãe de Deus e aluno da Universidade Estadual de Londrina (UEL), confirmamos a veracidade deste iniciativa que tem como integrantes do grupo os alunos Felipe Pimenta Peralta e Vinícius Moioli Maran (ambos alunos do 2º ano do ensino médio do colégio) sob a orientação dos professores Thiago Miashiro e Fernando Vianna.

Entretanto no contato com o Prof. Brenzam demonstrei a nossa preocupação com relação a esta iniciativa devido ao seu objetivo e os riscos legais e de segurança que uma missão como esta (desenvolver um foguete de sondagem que atinja 20km de altitude, altitude esta até hoje só alcançada e até superada no país pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço - IAE) traria para um grupo de alunos do ensino médio, afinal mexer com propulsão de alta potência envolve grandes riscos e precisa ser acompanhada por profissionais preparados e por diversos procedimentos de segurança através de uma complexa infraestrutura que hoje no Brasil só existe no IAE.

Diante disto, sugerimos ao Prof. Brenzam que o mesmo estimulasse ao seu grupo a entrar em contato com a AEB para buscar orientação legal e técnica e até mesmo algum apoio financeiro, antes que o Blog BRAZILIAN SPACE viesse a apoiar esta iniciativa, sugestão esta que o Blog espera seja seguida por este grupo inovador, evitando assim problemas que possam surgir no futuro.

Duda Falcão

Comentários

  1. " DO GREGO UTÓPICO AOS SONHOS DOS IDEALISTAS BRASILEIROS"

    Quase impossível de ser realizado no momento ! tamanha é a vontade em participar da conquista espacial, isso demonstra uma capacidade de buscar um pedacinho do céu para a escola, que hoje, a maioria estão carentes de APOIO , MATERIAL DIDÁTICO , inclusive assistência do governo. O CEFAB parabeniza a todos os professores desta ociosa e meiga escola. " Pense grande,...comece pequeno,....e ande rápido!". Nenhum projeto será tão grande se tua vontade de construir , desenvolver e superar suas expectativas for maior. Algo só é impossível até que alguém duvide e acabe provando o contrário. segundo Prof. Robert H. Goddard , disse: " é difícil dizer o que é impossível, pois o sonho de ontem é a esperança de hoje e a realidade do amanhã". Pela pouca experiência com Foguetes Educativos, sugiro começar na sequência, com : Projetos Educativos, utilizando á propulsão á água, em seguida , utilizando o foguete modelo " Sondinha II ", após foguetes Experimentais, Espaciais. Já como Know how garantido e emancipado, partir para a realização do sonho. Há! não se esqueça de priorizar as normas de segurança. Entre em contato com o meu Mentor e Guru do espaço, professor Felix, pelo E-mail ; ( felixcarpina@yahoo.com.br ) , para maiores detalhes de ajuda técnica, o CEFEC , fornece a um preço de custo o fornecimento dos kits, foguetes educativos para escolas, creio que sua pessoa dará o apoio necessário para a divulgação dessa importante atividade. O meu grupo está também disponível para qualquer ajuda, dentro das nossas possibilidades, o meu e-mail é : cassio.cefab@bol.com.br. Abraço e sucesso para os futuros BRASONAUTAS !"

    ResponderExcluir
  2. Bom, num país como o nosso cheio de entraves para as iniciativas privadas este pode vir a ser um estudo de caso para as possibilidades de levar adiante esse tipo de iniciativa.

    Compartilho da mesma preocupação do Duda. É necessário uma assistência sistemática as atividades amadoras, principalmente dos jovens, para evitar riscos de toda ordem.

    Por outro lado, apenas a título de registro, quanto a altitude pretendida de 20 km, vejam alguns dados de recordes obtidos em competições amadoras pelo hobbyspace.com.

    E aqui um artigo sobre o recorde de 100 km de altitude obtido em 2004:

    GoFast Rocket Maximum Altitude Verification.

    Vejam a foto da equipe!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial