A Queda de Um Zero a Esquerda

Olá leitor!

Você lembra do Roberto Amaral? O mesmo responsável por essa aventura desastrosa chamada ACS, pois é, na tentativa de sobreviver no bem remunerado emprego dado a ele pela DILMA, esse energúmeno cometeu um estúpido suicídio político escrevendo uma carta de apoio a DILMA postada em seu site, logo após o seu partido (PSB) ter apoiado publicamente a campanha à presidência do Tucano Aécio Neves.

Bom, o resultado disso foi que esse reconhecido debiloide que até então era o presidente do PSB, acaba de ser substituído no cargo pelo Sr. Carlos Siqueira (que era secretário-geral da legenda e presidente da Fundação João Mangabeira) e agora se encontra isolado em seu próprio partido.

Vai ser burro assim no inferno, mas vale dizer que esta ação do Roberto Amaral só vem exemplificar o que todos já sabiam dele, ou seja, a sua completa incompetência até mesmo na condução política de sua carreira. Um zero esquerda que num país sério jamais estaria militando nos bastidores da política. 

Ao que parece a luz começa brilhar para o lado do Aécio, e finalmente parece fechar para o lado desses energúmenos petistas populista e socialistas de merda que destruíram a economia de nosso país nesses últimos quatro anos. Entretanto é preciso dizer que a desejada vitória do Aécio não significará grandes mudanças na condução politica/administrativa de nosso país, já que o sistema vigente o impedirá de realizar as mudanças necessárias, mesmo que ele tenha boas intenções (coisa que sinceramente eu não acredito), mas na sua eventual vitória dificilmente o seu governo será tão ruim quanto foi o dessa debiloide de saia

Já quanto ao PEB, bom em minha opinião tudo "Continuará Como Antes no Quartel de Abrantes", isto é, se não piorar ainda mais.

Duda Falcão 

Comentários

  1. Fiquei decepcionado com o BrazilianSpace ao ler esta postagem do Sr. Duda Falcão. Opinião é uma coisa, discurso de ódio é outra. Adivinha em que categoria cai um post repleto de "merda", "burro", e mesmo "energúmeno"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      Bom, lamento realmente que você tenha se decepcionado comigo, mas por outro lado nem Cristo agradou a todos, né verdade? Quanto ao ódio citado por você, eu não sinto nenhum pelo senhor Roberto Amaral, já que na realidade o mesmo é digno de pena, um zero a esquerda que jamais deveria ter alcançado o poder que alcançou, causando com isso um grande prejuízo financeiro, político e tecnológico ao nosso país. Quanto aos termos usados quem planta colhe e ele mereceu cada um deles e agora esta pagando pelo seu erro.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  2. Esse senhor, se nao era um total otario quando ministro do MCTI, era mal intencionado. Primeiramente prejudicou imensamente o programa espacial, nao somente ofuscando o brasileirissimo programa Cruzeriro do Sul, tendo em vista substitui-lo pela ja malfadada ACS, como ainda veio com a declaracao de que "O Brasil deve construir uma bomba atomica". Para quem tem um certo entendimento, juntar dois mais dois nao eh algo dificil, ainda porque uma bomba necessita de um transporte, um veiculo, e isso de certa maneira fica ao encargo do programa espacial (visto que nao muito dificilmente se poderia transformar um veiculo lancador num missil intercontinental, devido a tecnologia DUAL aplicada no desenvolvimento que pode ser tanto civil como militar). Com o passar dos anos mostrou ser mais um dos mentecaptos escolhidos pelo PT, e esta ultima acao postada na noticia acima simplesmente revela aquilo que ja sabiamos. O sr Amaral eh um homem com intencoes estranhas, que age precipitadamente, e acaba prejudicando a organizacao a qual se filia. Creio que se o Sr Roberto Amaral se tratasse de um jogador de futebol numa equipe, teria muitas dificuldades de obter uma contratacao. As que ja conseguiu no governo nao se deveram obviamente a sua otima capacidade como gestor, mas provavelmente porque tem bons amigos em lugares altos. Como socialistas, tem conseguido otimos negocios para os outros, mas nao para o Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Já disse e repito que em um possível governo do PSDB o PEB vai pras cucuias. No Brasil o desenvolvimento científico, de forma geral, e o PEB, de forma especifica, são totalmente dependentes do Estado. Reduzir o peso e participação do Estado, como é o plano do PSDB, vai resultar em menos recursos para projetos, menos bolsas para pós-graduandos, menos concursos para professores, pesquisadores e servidores em geral. Ainda não temos um parque de empresas de tecnologia capazes de assumir a empreitada sozinhas. O tempo dirá.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes