FINEP Assina Convênio no Âmbito do Programa INOVA AERODEFESA Para Execução do Projeto ACDH SAT

Olá leitor!

Diário Oficial da União (DOU) de hoje (30/10) publicou um “Extrato de Convênio” no âmbito do Programa INOVA AERODEFESA, entre a Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP, a Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais (FUNCATE), o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), representado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e pela empresa COMPSIS Computadores e Sistemas Indústria e Comércio LTDA, visando à execução do projeto ACDH SAT. Abaixo segue o referido extrato como publicado no DOU.

Duda Falcão

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS

EXTRATO DE CONVÊNIO

Espécie: Convênio INOVA AERODEFESA 04/2013;
Ref.: 0221/14;
Data da Assinatura: 21/10/2014;
Partícipes - Concedente: Financiadora de Estudos e Projetos - FINEP; CNPJ n. º 33.749.086/0001-09;
Convenente: Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologias Espaciais; CNPJ nº 51.619.104/0001-10;
Executor: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE; CNPJ n. º 01.263.896/0001-98;
Interveniente Cofinanciador: COMPSIS COMPUTADORES E SISTEMAS INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA; CNPJ n. º 60.480.357/0001-46;
Objeto: "execução do Projeto ACDH SAT";
Valor Total: de até R$ 1.333.200,00 (um milhão, trezentos e trinta e três mil e duzentos reais) destinados ao Convenente por meio de aporte direto;
Outros Aportes: O Interveniente Cofinanciador obriga-se a aportar o valor mínimo de R$ 666.800,00 (seiscentos e sessenta e seis mil e oitocentos reais) sob a forma de recursos financeiros;
Nota de empenho: 2014NE002491, 2014NE002492;
Fonte: Aeronáutico;
Prazo de Vigência e Execução Física e Financeira do Projeto: até 30 (trinta) meses, a partir da data de assinatura do convênio;
Prestação de Contas Final: até 60 (sessenta) dias contados da data do término da vigência.


Fonte: Diário Oficial da União (DOU) – Seção 3 - pág. 16 - 30/10/2014

Comentário: Bom leitor não tenho certeza, mas creio que esse convênio seja para o desenvolvimento e industrialização de um Subsistema de Controle de Atitude e Supervisão de Bordo - Attitude Control and Data Handling (ACDH)” para satélites, muito provavelmente derivado da experiência adquirida pelos pesquisadores do INPE no contrato do ACDH do Satélite Amazônia-1 com a INVAP argentina.

Comentários

  1. Pra não dizerem que foi azar daquela outra, parece que com essa empresa, está tudo certo, e pela atividade dela que consta na receita federal, ela deve desenvolver o software embarcado para o tal sistema de controle de atitude.

    Ela tem o próprio site: COMPSIS.

    E está bem apresentável no Street View do Google Maps.

    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Marcos, a FINEP e a CENIC continuam em silencio sobre o caso citado por você. País de merda. Estou ficando cheio disto.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Janeiro de 2015 Registra Recorde de Focos de Queimadas Detectados Por Satélite

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022