DILMA Anuncia Investimentos para Fortalecer o PEB

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota que postada hoje (22/03) no site “G1” do globo.com destacando que a presidente DILMA anunciou hoje que o seu governo fará investimentos para fortalecer o “Programa Espacial Brasileiro”.

Duda Falcão

Dilma Anuncia Investimentos no
Programa Espacial Brasileiro

Agência EFE
22/03/2011 - 11h26

Brasília, 22 mar (EFE).- A presidente brasileira, Dilma Rousseff, anunciou nesta terça-feira que o Governo fará investimentos para fortalecer o programa espacial do país, pois, segundo ela, o Brasil não pode renunciar à sua meta de construir, lançar e operar satélites.

A presidente afirmou que seu Governo vai investir no programa espacial brasileiro por meio da contratação de novos profissionais para a Agência Espacial Brasileira (AEB) e para os órgãos executores desse programa. Além disso, haverá injeção de recursos.

Dilma negou que o Brasil tenha suspendido seu programa espacial após a explosão ocorrida em 2003 que destruiu parte da base espacial de Alcântara, no Maranhão, e que provocou a morte de 21 cientistas.

Segundo a governante, os novos investimentos permitirão alcançar as metas propostas.

Ela ressaltou que a meta é ter um programa espacial autônomo, capaz de atender às demandas da sociedade brasileira e de fortalecer a soberania do país.

Para Dilma, o programa espacial é estratégico para o país, pois o Brasil necessita de satélites para vigiar o território, auxiliar na previsão do tempo e prevenir os danos causados pelos desastres naturais.

Ela acrescentou que os satélites também são estratégicos para o país em áreas como defesa, comunicações e a segurança hídrica e alimentar.

Além do desenvolvimento e da operação de satélites, que o Brasil já alcançou graças a um acordo com a China, o programa espacial brasileiro prevê o desenvolvimento de um foguete próprio para transportar os satélites.

Dilma anunciou recursos para o programa um dia depois de o ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, admitir a possibilidade de negociar um novo acordo de cooperação para lançar foguetes americanos a partir da base de Alcântara.

Em 2000, Brasil e EUA assinaram um acordo para permitir à NASA (agência espacial americana) o uso da base espacial brasileira que não foi ratificado pelo Congresso devido à oposição do PT.

Na ocasião, o partido alegou que o acordo violava a soberania do Brasil por não permitir a participação de técnicos brasileiros nos lançamentos americanos.

Mercadante admitiu que, após a assinatura no sábado de um acordo de cooperação espacial entre os dois países durante a visita ao Brasil do presidente americano, Barack Obama, é possível negociar um novo tratado para compartilhar a base de Alcântara sem os mecanismos vetados no passado.

Fonte: Site G1 do globo.com

Comentário: Levando-se em conta que não seja mais um jogo de cena político do governo, dentre tantos que já houveram na política brasileira, lembro aos leitores sobre o que comentamos antes da chegada e durante a estadia da presidente DILMA no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) durante a época de Carnaval, estão lembrados? Pois então, eu disse o seguinte: “Desde o inicio não acreditamos que não houvesse um bom motivo para essa estadia da presidente DILMA no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) durante o período de Carnaval, como postamos em comentários anteriores. Note que esse extenso artigo foi postado no “Blog do Planalto” no dia (04/03), mesmo dia da chegada da presidente ao centro de lançamento. Recordo-me que uma certa vez fiz um comentário a um certo oficial da Aeronáutica de grande prestígio de que o “Comando da Aeronáutica (COMAER)” precisava agir com mais efetividade e dei ao mesmo o exemplo do Comandante da Marinha, que por volta do final de 2007 (creio eu) havia pego literalmente o então presidente LULA pelo braço e levado para conhecer o programa nuclear e posteriormente o programa Antártico, mudando consideravelmente o desenvolvimento de ambos programas após essas visitas presidenciais. Nos parece que, pensando dessa forma e aproveitando a oportunidade surgida, o COMAER se mobilizou para levar a presidente DILMA não só para conhecer as atividades do CLBI, do CLA e dos projetos em andamento no PEB, mas principalmente para apresentar com calma as razões estratégicas para existência do mesmo, ai incluídas aquelas de não conhecimento público, coisa que numa visita oficial ao centro não seria possível devido ao tempo restrito. Caso o blog esteja certo em suas ponderações e o COMAER tenha convencido a presidente DILMA da extrema importância do PEB para o Brasil, em breve já deveremos sentir os efeitos dessa mudança com atitudes realmente significativas”. Pois então leitores, esse comentário foi postado no dia 13/04 junto com a nota “CLBI Garante Seu Futuro na Pesquisa Espacial Brasileira” e vejam que não demorou muito para o governo pelo menos mudar o discurso. É como sempre digo: “Nada, absolutamente nada, acontece por acaso”.

Comentários

  1. Segue uma matéria que achei muito interessante.

    http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/dilma-e-obama-fecham-acordo-para-lancar-satelite-em-conjunto-em-2012-20110321.html

    ResponderExcluir
  2. Valeu Andre Vitor!

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022