Documentário Inédito Contará a História dos Raios no Brasil

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (25/03) no site do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) destacando que documentário inédito a ser realizado pelo “Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT)" do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) contará a história dos raios no Brasil.

Duda Falcão

Documentário Inédito Contará a
História dos Raios no Brasil

25/03/2011 - 08:08

Crédito: Banco de Imagem do MCT

O Brasil é um dos países com maior incidência de raios em todo o mundo, com cerca de 50 a 60 milhões de ocorrências por ano. O fenômeno ocupa o imaginário da população brasileira, tanto pela beleza quanto pelo temor. Os relâmpagos também intrigam cientistas que se debruçam em busca de respostas para causa, efeito e comportamento dos raios.

Os mitos, as verdades, os avanços nas pesquisas, as grandes tragédias ao longo história serão contados em documentário inédito coordenado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE/MCT).

A intenção com o filme “Fragmentos de Paixão – Que Raio de História” é resgatar a percepção da sociedade brasileira sobre o raio desde o período colonial. Mostrar, por exemplo, o que os índios, os portugueses e os escravos achavam do raio e como se relacionavam com o fenômeno.

“Nós pretendemos resgatar a relação dos raios com a cultura e com a sociedade. Ao longo da história do Brasil, nos últimos 500 anos, existem inúmeras passagens, inúmeros fatos curiosos que aconteceram relacionados aos raios, que grande parte ou quase a totalidade da população brasileira hoje não sabe”, justifica o coordenador do ELAT, Osmar Pinto Júnior.

De acordo com o pesquisador, o material está em preparação há três anos, e é resultado de uma extensa pesquisa a respeito do papel do raio ao longo da história desde 1.500. O trabalho envolveu buscas em bibliotecas, na internet e até visita a outros países, como os Estados Unidos, para reunir informações, dados e imagens importantes.

“Agora estamos preparado um roteiro para gravar o documentário a partir de agosto desse ano e lançar no próximo verão no Brasil. Esse documentário deve passar na televisão e no cinema”, antecipa Osmar.


Fonte: Site do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022