Rapidinha 2

Olá leitor!

A coluna (acredito que seja uma coluna política) “Aperto de Mão” do jornal “O Globo” do dia 26/01, escrita pelo jornalista ILIMAR FRANCO, publicou duas pequenas interessantes notícias sobre o Programa Espacial Brasileiro. Foram elas:

Desenvolvimento Tecnológico

A revelação de telegrama do Departamento de Estado norte-americano em que fica clara a oposição a um programa brasileiro de produção de foguetes não surpreendeu o governo federal. Em 2003, uma autoridade ucraniana mostrou a um integrante do governo documento no qual os EUA “consentiam” que a Ucrânia firmasse acordo com o Brasil, embora continuassem entendendo que o país não precisava ter programa espacial. A Iridium foi uma das empresas proibidas pelo Departamento de Estado de firmar entendimento com a Alcântara Cyclone Space, porque o Brasil não assinou acordo de salvaguardas tecnológicas com os EUA.

Alcântara

O governo Dilma vai adotar o acordo interministerial, costurado pela AGU na gestão Lula, sobre a Base de Alcântara (MA). A base vai dobrar de tamanho, e os quilombolas serão compensados com empregos, escola e acesso ao mar.

Duda Falcão


Fonte: Jornal O Globo - 26/01/2011

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial