Mercadante Quer Criar Centro de Prevenção de Catástrofes

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia publicada ontem (09/01) no site “G1” do globo.com destacando que segundo o ministro Aloizio Mercante o governo pretende criar um centro de prevenção de catástrofes.

Duda Falcão

Brasil

Mercadante Quer Criar Centro de
Prevenção de Catástrofes

Idéia é investir em radares capazes de mapear as áreas de risco do país.
Ministro pretende ainda investir na criação de laboratório em alto-mar.

Do G1, em São Paulo
09-01-2011 - 08h06

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, anunciou no sábado (8) que pretende criar um centro de prevenção de catástrofes. O ministro quer integrar as previsões meteorológicas e os dados geográficos para minimizar os riscos de quem vive em áreas inadequadas. As informações são da Agência Brasil.

Mercadante disse que a idéia é investir em radares capazes de mapear com precisão as áreas de risco do país. Segundo ele, elas são aproximadamente 500. Porém, não há dados confiáveis sobre todas, principalmente, as que ficam fora de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Com as áreas mapeadas, toda vez que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) prever tempestades nessas regiões, a Defesa Civil será alertada para que tome as providências necessárias. “Vamos fazer um trabalho de previsão de catástrofes”, explicou. “Se vai ocorrer uma chuva muito forte em uma área de risco, você vai conseguir se antecipar para diminuir os riscos de morte”, disse.

O ministro ressaltou que o INPE conta com um dos mais avançados sistemas para previsão do tempo do mundo. Em dezembro, o órgão pôs em funcionamento um supercomputador capaz de fazer 200 trilhões de cálculos por segundo. O equipamento custou R$ 50 milhões.

Laboratório em Alto-Mar

Em conversa com os jornalistas, logo após visitar o ex-vice-presidente José Alencar no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, Mercadante afirmou ainda que pretende investir na criação de um laboratório em alto-mar. O centro de pesquisas ficará a cerca de 500 km da costa brasileira e deve ser construído em parceria com a Petrobras e outras empresas.

No laboratório, serão feitas pesquisas sobre a biodiversidade e o aquecimento global, por exemplo. Para o ministro, com o início da exploração do petróleo da camada pré-sal, a criação do centro de pesquisa será facilitada. “Como a estrutura da Petrobras e todas as plataformas que vão atuar, este laboratório seria inclusive uma retaguarda para os trabalhadores que estão lá”.


Fonte: Site G1 do globo.com

Comentário: Muito bem senhor Mercadante, o senhor falou de novos radares, de centro de previsão de catástrofes e até em laboratório em alto mar. No entanto, esqueceu do principal quanto à previsão de catástrofes, ou seja, o satélite meteorológico, esse sim o equipamento ideal para que o Brasil possa prever com segurança e qualidade os problemas adventos de possíveis catástrofes naturais. A solução é conhecida há anos, o que falta é atitude e vontade política de resolver o problema.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes