O Amadurecimento do CLA - Editorial


Olá leitor!

Segue abaixo o editorial do jornal “O Estado do Maranhão” do dia 02/03 destacando que o "Centro de Lançamento de Alcântara (CLA)" aos seu 27 anos de fundado chega ao seu amadurecimento.

Duda Falcão

Editorial

O Amadurecimento do CLA

O Estado do Maranhão
02/03/2010


Agora com 27 anos de história, o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) chega ao seu amadurecimento. Somente para este ano, estão previstos oito lançamentos de pequeno e médio porte e a principal notícia: em dezembro, deve ser concluída a reforma da Torre Móvel de Integração (TMI), plataforma de lançamento do Veículo Lançador de Satélites (VLS).

Esse é o principal marco do CLA depois do trágico acidente com a plataforma de lançamento do VLS, ocorrida em agosto de 2003. Com a conclusão da reforma da plataforma do VLS, Alcântara terá condições plenas de voltar a contribuir, decisivamente, para o Programa Espacial Brasileiro, inserindo o país na corrida espacial mundial. Conforme dados do próprio CLA, a expectativa é de que o centro volte a lançar satélites a partir de 2012, sete anos após o acidente com o VLS, este depois de vários testes e com uma base de dados infinitamente superior ao lançamento de 2003.

Alcântara terá condições
plenas de voltar a
contribuir, decisivamente,
para o Programa
Espacial Brasileiro

Sobre os lançamentos que devem ocorrer este ano, já estão confirmados pelo menos cinco operações com projéteis de pequeno porte e mais três de médio porte. Entre esses de médio porte, está prevista uma operação com o VSB-30, o qual deverá levar a teste experimentos relacionados à farmacologia. Esse lançamento deverá ocorrer em setembro. Os demais lançamentos devem ocorrer em caráter de testes, mostrando que o CLA intensificou suas preparações para lançamentos maiores, justamente visando à redução de erros ou problemas como os que ocorreram em 2003.

Além do seu amadurecimento, essas informações relacionadas ao Centro de Lançamento de Alcântara mostram a sua importância estratégica e que as notícias relacionadas à possível transferência do Programa Espacial Brasileiro para o Centro de Lançamento Barreira do Inferno, ou para outras localidades, não passaram de especulações, com caráter mais político do que necessariamente técnico.

Afinal, o desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro em Alcântara tem como suporte a logística e a vantagem do CLA estar localizado nas proximidades da linha do equador, o que favorece a economia de combustível dos foguetes e também propicia resultados mais precisos dos experimentos lançados do CLA.

Neste 27º aniversário, não somente o CLA está de parabéns, como, principalmente, o Programa Espacial Brasileiro, que ruma para a sua maturidade e consolidação.


Fonte: Jornal O Estado do Maranhão - pág. 04 - 02/03/2010

Comentário: Gostaria de agradecer publicamente ao leitor maranhense Edvaldo Coqueiro pela gentileza de ter enviado ao blog o editorial acima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes