Ministro Discute Políticas Espacial e Nuclear na Câmara


Olá leitor!

Segue uma notícia postada ontem (03/03) no site da “Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE)” destacando que o ministro dessa secretaria, Samuel Pinheiro Guimarães, participou ontem de uma reunião com o “Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica da Câmara dos Deputados” para discutir os desafios enfrentados pelas políticas nuclear e espacial no Brasil.

Duda Falcão

Destaque Notícias

Ministro Fala Sobre Políticas Nuclear e
Espacial na Câmara dos Deputados

Brasília, qua, 03-03-2010


O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), Samuel Pinheiro Guimarães, inaugurou hoje (3), a sessão anual do Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica da Câmara dos Deputados com uma discussão em torno dois principais desafios enfrentados pelas as políticas nuclear e espacial no Brasil.

Durante a reunião, que contou com a presença dos membros do conselho, Guimarães colocou como principal empecilho enfrentado pelo setor, o déficit na formação de profissionais qualificados para atender as demandas e também a falta de disponibilização de recursos.

Guimarães destacou que do ponto de vista potencial, o Brasil está extraordinariamente bem colocado, tanto no que diz respeito às atividades espaciais, quanto às atividades nucleares, quando comparado à situação de outros países do mundo. Mas, ao mesmo tempo, não tem alocado os recursos necessários para o desenvolvimento dessas atividades.

De acordo com o ministro, a dificuldade maior para esse investimento é a quantidade de segmentos públicos que são tidos como prioritários dentro do governo. Ele destacou, ainda, a falta de engenheiros nucleares e a quantidade de vagas existentes para serem preenchidas. “É importante conferir em detalhes as atividades estratégicas para que haja alocação de recursos, sem contingenciamento”.

O presidente do conselho, deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE) lançou o desafio de tornar o Brasil um exportador de urânio enriquecido, uma vez que o país tem o tema como estratégico, além de dominar essa produção.

O Conselho de Altos Estudos e Avaliação Tecnológica, formado por 11 parlamentares de diferentes áreas de atuação, é um órgão técnico-consultivo da Câmara dos Deputados que se dedica à análise e discussão de temas estratégicos para o país.


Jornal Câmara Hoje - TV Câmara -04/03/2010


Fonte: Site da Secretária de Assuntos Estratégicos (SAE)

Comentário: Parece um disco arranhado toda essa história. Agora, ação efetiva nenhuma. Há anos que se fala a mesma ladainha em reuniões, workshops, seminários, audiências públicas e no diabo a quatro. No entanto, a música volta a ser sempre reproduzida sem que ninguém preste atenção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial