O Império Moderno do Dilmanismo e o Brasil

Olá leitor!

Quatro anos de promessas não cumpridas, quatro anos de governo desastroso para o futuro de nosso país, quatro anos de boicote ao nosso PEB e mesmo assim estamos correndo o sério risco de ter essa debiloide mais uma vez eleita presidente do Brasil.

Não que a Marina ou o Aécio sejam boas alternativas, na verdade não são, mas são alternativas novas, mesmo dentro de um sistema que em nossa opinião só alimenta o ‘populismo’ e não é assim que se constrói um país.

O Brasil precisa de políticos que tenham compromisso unicamente com o país e tomem decisões corretas, decisões estas que na maioria das vezes são duras e antipopulares, principalmente num país de povo oportunista e imediatista como o nosso, mas que a médio e longo prazo mudam a cara de qualquer nação. Planejamento em países sérios são feitos em grande parte em longo prazo passando de um governo a outro durante a sua implementação.

Infelizmente para nós não somos um país sério e nunca fomos, apesar de na nossa história ter havido algumas poucas iniciativas nesse sentido, mas que não vingaram.  Um povo que nem mesmo reconhece os seus heróis (veja abaixo a reportagem do Programa Fantástico sobre os 10 anos do acidente com o VLS-1), que não tem a mínima consciência do que seja cidadania e que ainda participa com euforia (sem qualquer consciência de que esta sendo ludibriado) de circos esportivos e de entretenimento armados por populistas de merda, verdadeiras versões modernas dos antigos imperadores do Império Romano, não pode ter a esperança de que algum dia irá viver em uma nação de verdade.


Dia 05/10 deixarei bem cedo a minha casa para ir depositar o meu VOTO NULO, uma pequena contribuição, é verdade, mas há única possível na luta pela moralidade na política desse país.

Pela quebra do sistema;

Pelo fim do Voto Obrigatório;

Pela implementação do Voto Distrital;

Pela eleição direta no Poder Judiciário;

Por um Programa Espacial desenvolvido; e

Pelo futuro de meu país.

Duda Falcão

Comentários

  1. Gostaria de acrescentar aos seus "itens de reivindicação", o seguinte:

    Por urnas eletrônicas modernas e com comprovante de voto !!!

    Tem muita matéria sobre isso espalhada pela internet, mas vai aqui um que tem vários links para outros:

    A urna eletrônica brasileira é a mais ultrapassada do mundo, diz especialista que violou o sistema.

    ResponderExcluir
  2. Nulo? Temos 11 candidatos a presidente, você não tem afinidade com as propostas de nenhum deles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é anônimo, nulo sim, pelo meu país e pelos motivos acima citados.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. Votar nulo eh ajudar uma Dilma que esta ganhando.

      Tens de escolher entre dar um tiro no pe (e escolher um dos candidatos que nao esta no govrno) ou na cabeca (votando no PT). Temos de tentar vorar em quem deve destruir o pais mais devagar.

      Tem candidatos com ideias boas (apesar de sua pequenez) e votando bem pode fazer com que suas visoes se tornem mais divulgadas com a possibilidade que seja eleitos em 2018, sem que o governo que reine nestes 4 anos atrapalhe o processo democratico.

      Votar nulo, eh suicidio.

      Excluir
    3. Caro Israel!

      Não confunda VOTO NULO com VOTO EM BRANCO. Votar nulo é um direito do eleitor de expressar o seu inconformismo com os candidatos que participam da eleição. Neste caso o VOTO NULO quando maioria (coisa que evidentemente ainda irá demorar, mas a cada eleição aumenta o número) representará o início da quebra do sistema, pois do jeito que está só alimenta o 'populismo' independente das boas intenções (kkkkkkkkkkkkkkkkkk) ou não do candidato. Mas enfim... você é ainda jovem e com o tempo chegará a esta mesma conclusão como algumas pessoas já chegaram (um grupo felizmente cada vez maior a cada eleição). É preciso jovem amigo quebrar o sistema, para que haja uma reforma política e os objetivos acima citados possam ser implementados, e de uma vez por todas expulsar os oportunistas da política. Voto é coisa séria e na mão de inconsequentes, se torna uma arma imbatível para o populismo.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  3. Cada um com sua opinião e sua estratégia, mas apenas a título de esclarecimento: se considerarmos o resultado dessas urnas minimamente confiáveis, deve-se salientar que o voto nulo em si, não favorece a ninguém.

    Na verdade na legislação atual, tanto faz votar em branco ou nulo que o voto simplesmente NÃO é contabilizado. Quem ainda não sabe a diferença, veja aqui.

    Na minha opinião, reparem, estou aqui também externando a MINHA opinião e a minha estratégia. Na atual circunstância, apesar da pífia qualidade de TODOS os candidatos, o fato de não ser computado um voto que poderia ser dirigido à oposição (qualquer que seja ela), ao atual governo, acaba fortalecendo a possibilidade dele se reeleger.

    Por isso mesmo EU prefiro, mesmo a contra gosto, votar em alguém com chances reais de competir com a Sra representante do atual desgoverno e vencê-la. Só isso.

    Abraços e boas eleições a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja bem amigo, as coisas não são bem assim. A explicação abaixo:

      "Atualmente, vigora no pleito eleitoral o princípio da maioria absoluta de votos válidos, conforme a Constituição Federal e a Lei das Eleições. Este princípio considera apenas os votos válidos, que são os votos nominais e os de legenda, para os cálculos eleitorais, desconsiderando os votos em branco e os nulos.
      Como é possível notar, os votos nulos e brancos acabam constituindo apenas um direito de manifestação de descontentamento do eleitor, não tendo qualquer outra serventia para o pleito eleitoral, do ponto de vista das eleições majoritárias (eleições para presidente, governador e senador), em que o eleito é o candidato que obtiver a maioria simples (o maior número dos votos apurados) ou absoluta dos votos (mais da metade dos votos apurados, excluídos os votos em branco e os nulos)."

      é apernas meia verdade. Por uma simples razão amigo. Qualquer governo do mundo precisa ter legitimidade, ou seja, ser reconhecido pela Comunidade Internacional. Justamente por conta disso, o VOTO NULO é a única maneira de combater o sistema, pois quando a maioria do povo votar de forma NULA (algo em torno de 95% do colégio eleitoral) a afirmação acima não terá como ser aplicada pois como disse não será reconhecida internacionalmente. Assim sendo novas eleições terão de ser marcadas com novos candidatos até que haja legitimidade. Neste processo será o momento da sociedade discutir a Reforma Política e o fim do voto obrigatório. Como disse acima, voto na mão de inconsequentes, só serve para alimentar o 'populismo'.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. E para que fique ainda mais claro e não deixe duvidas, caso 95% do eleitorado brasileiro VOTAR NULO (é claro que isto é um processo e levará ainda muitas eleições para que o eleitorado tenha esta consciência) a maioria dos votos validos não serão suficientes para legitimar a eleição perante a Comunidade Internacional. Espero que tenha sido claro mostrando o porquê da explicação acima ser apenas meia verdade. Hoje o presidente é eleito com algo em torno de 40 milhões de votos ou 51% (no primeiro ou no segundo turno) dos votos validos. Imagine se os votos validos só representarem 1 milhão de votos Estará neste momento quebrado o sistema.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    3. Acho dificil Duda. Acho mais facil um impeachment ou manifestacoes pacificas. Se lembre que ateh la fora boa parte da midia tem vies esquerdista, e nao creio que exporiam a situacao no Brasil. Voce ouviu falar do que aconteceu na Islandia? Onde depuseram um governo vendido, escreveram uma nova constituicao para melhor, e fizeram novas eleicoes? Toda a midia internacional escondeu isso. A midia esta ocupada por revolucionarios. Pesquise por exemplo nos EUA (uma das democracias mais fortes) e veja o espectro politico dos canais de televisao. Somente uma, a Fox News eh conservadora liberal. Na Inglaterra existe um partido conservador forte, mas a BBC tem um vies esquerdista. Cem mil cristaos morrem todo o ano,e onde ves noticias e documentarios claros a respeito disso? Eh tudo considerado "brigas etnicas" pela midia. Se depender da midia nada que favoreca o fortalecimento da democracia, a cultura judaico-crista, e valores conservadores passa. Por isso nao acredito em pressao internacional nesse quesito. Teve uma intervencao militar recentemente na Tailandia, apoiado pelo povo, e houve silencio da midia internacional. A Globo, no Brasil, falou disso, mas dizendo que a populacao estava assustada com a onda de violencia dos militares ( mentira). Enfim, eu so creio que educacao politica pode mudar o Brasil e isso nao se faz senao com varios anos de explicacao, debates, e empenho de pequenos grupos socio-culturais. A esquerda tem moldado a mentalidade do brasileiro pelos ultimos 30 anos, entao qualquer mudanca rapida pode levar a uma condicao de mediocridade.

      Excluir
    4. Olá Israel!

      Não é difícil amigo, é assim. O caso da Islândia foi a parte pois a comunidade internacional não teve acesso as informações. Entretanto o Brasil é diferente, é uma país continental de mais de 200 milhões e a sétima economia do mundo e sua eleição está sob o olhar de todo o mundo. Toda eleição o número de votos válidos é divulgado pelo Superior Tribunal Federal (STF) e fiscalizado pelos próprios partidos e pelo (STF). Portanto, temos que quebrar o sistema, não há outra forma, já que continuar votando no menos pior (segundo a sua avaliação de momento) só continuará alimentando o sistema, que como sabemos é populista. Isto não resolve nada. É claro que isso é um processo longo de esclarecimento e leva tempo, mas já está dando resultado. Nas ultimas eleições foram quase 10 milhões de Votos Nulos e a expectativa que esse ano chegue a pelo menos 15 milhões. Vou para minha quarta eleição votando NULO e conheço pessoas que já votam a 10 eleições dessa maneira. Espero poder estar vivo para ver o sistema quebrado e creio que mais um governo tão desastroso com foi o da DILMA poderá aumentar significamente este número, pois tem muita gente trabalhando nos bastidores para que isto aconteça. É uma questão de consciência e de tempo.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial