INPE Seleciona Bolsista Para Desenvolvimento de Software de Sensor de Estrelas Autônomo

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (11/09) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que o instituto está selecionando bolsista para desenvolvimento de software de Sensor de Estrelas Autônomo.

Duda Falcão

INPE Seleciona Bolsista Para Desenvolvimento
de Software de Sensor de Estrelas Autônomo

Quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP), seleciona profissional de nível superior para trabalhar no desenvolvimento do software de um sensor de estrelas a ser usado em balões estratosféricos e satélites artificiais e no desenvolvimento do software de sua bancada de testes.

A contratação será feita por bolsa de desenvolvimento tecnológico PCI do CNPq. O profissional deve ter formação em Engenharia de Computação ou Ciência de Computação ou Engenharia Elétrica/Eletrônica ou áreas correlatas.

Os interessados devem enviar currículo para antonio.lopes@inpe.br, com cópia para mario.selingardi@inpe.br, marcio.fialho@inpe.br e brauliofca@gmail.com, ou entrar em contato pelos telefones (12) 3208-6812 (Antônio Lopes), (12) 3208-6222 (Mário) ou (12) 3208-6172 (Bráulio).

O perfil profissional completo e os requisitos para a escolha dos bolsistas estão disponíveis na página http://www.inpe.br/gestao/anuncios_oportunidades/bolsas.php.


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

  1. E a brincadeira continua...

    Como eu atuo no mercado de TI a algumas décadas, posso dizer sem muito medo de errar. Essas exigências e remunerações estão completamente fora da realidade. Se não vejamos:São três os enquadramentos possíveis: R$ 3.200,00 (Bolsa PCI-DB), R$ 2.600,00 (Bolsa PCI-DC) ou R$ 2.200,00 (Bolsa PCI-DD), dependendo da experiência do candidato. E as experiências demandadas são as seguintes: PCI-DB- Profissional com 10 (dez) anos de experiência após a obtenção do diploma de nível superior; ou com título de doutor; ou ainda, com grau de mestre há, no mínimo, 1 (um) ano; PCI-DC - Profissional com 5 (cinco) anos de experiência após a obtenção do diploma de nível superior; ou com grau de mestre e PCI-DD - Profissional com diploma de nível superior; ou técnico de nível médio com diploma de Escola Técnica reconhecida pelo MEC e, no mínimo, 2 (dois) anos de experiência profissional.

    Vejam vocês: uma empresa de grande porte nacional na área de TI contrata estagiários de programação por cerca de R$ 1.600. Dois anos depois espere-se que ele seja um programador júnior ganhando cerca de R$ 2.600, caso contrário, já pode começar a procurar uma outra área de interesse, sendo que os bons mesmo, vão queimando etapas. Com cinco anos de experiência ele já deve ser um "analista-programador" pleno com remuneração de cerca de R$ 5.000, e com dez anos de experiência, ele já deve ter se tornado um especialista, com remuneração variando entre R$ 7.000 e R$ 10.000, dependendo da sua área de especialização.

    Então, só posso desejar boa sorte aos responsáveis por esse processo seletivo, e aos projetos que dele dependam.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Ouviu o Barulho no Céu? Entenda o Fenômeno Que Assustou os Brasileiros no Último Final de Semana

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro