Começa em Natal o 4° Fórum de Pesquisa e Inovação

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota publicada ontem (29/09) no site da Força Aérea Brasileira (FAB), destacando que começou em Natal o “4° Fórum de Pesquisa e Inovação do CLBI”.

Duda Falcão

ESPAÇO

Começa em Natal o 4° Fórum
de Pesquisa e Inovação

Publicado: 29/09/2014 - 16:33h


Na manhã desta segunda-feira (29/09), o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) deu início à programação de palestras, minicursos e apresentações de trabalhos da 4ª edição do Fórum de Pesquisa e Inovação (FoPI). Neste ano, pela primeira vez, o evento está acontecendo em conjunto com o V Simpósio Brasileiro de Geofísica Espacial e Aeronomia (SBGEA). Na quinta-feira (02/10), como parte da programação, o CLBI irá lançar um foguete de treinamento básico (FTB).

Segundo o Coronel Maurício Alcântara, Diretor do CLBI, a parceria entre os dois eventos foi importante para fortalecimento de vínculos e construção conjunta do conhecimento. “Nosso primeiro FoPI foi uma atividade interna, para discutirmos o que podíamos melhorar nas áreas de pesquisa e inovação. Na segunda edição, já passamos dos 16 trabalhos iniciais para 60. E ano passado, já tivemos que sair do CLBI e usar a estrutura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, como neste ano, pois não tínhamos como acomodar a quantidade de público”, relembra o Diretor.

O professor da UFRN e um dos responsáveis pela parceria inédita entre o SBGEA e o FoPI, José Henrique Fernandez, acredita que o diálogo entre as instituições envolvidas, entre elas o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), vai abrir portas para parcerias futuras. “Conhecermos o CLBI, a infraestrutura disponível, a logística do lançamento e as características dos foguetes vai nos permitir, em curto prazo, colocar cargas úteis nossas nos próximos lançamentos”, afirma o professor. Ele acredita que a parceria pode colocar Natal como a capital aeroespacial nordestina, atraindo investimentos industriais e de pesquisa.

O IV Fórum de Pesquisa e Inovação e o V Simpósio Brasileiro de Geofísica Espacial e Aeronomia estão com aproximadamente 250 inscritos, e as atividades seguem até sexta-feira, nas dependências da UFRN.


Fonte: Site da Força Aérea Brasileira (FAB) - http://www.fab.mil.br

Comentário: Veja bem leitor, a grande notícia desta nota é o que diz o Prof. José Henrique Fernandez sobre a possibilidade futura de colocar cargas úteis nos foguetes lançados do CLBI. Tomara que isso realmente possa acontecer e que os foguetes de treinamentos possam ter uma utilidade mais prática. Entretanto chamo a sua atenção para o fato do nome da AEB não ter sido citado nesta iniciativa, o que pode demonstrar de que iniciativa partiu mesmo do CLBI/COMAER e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), contando agora com algum envolvimento do INPE. Entretanto tenha certeza de que em algum momento desse processo a AEB irá aparecer nos holofotes.

Comentários

  1. Finalmente !!!

    É isso que eu vivo preconizando !!!

    Não tem que esperar nada, nem ninguém, nem muito menos atitudes desse "governo" e das instituições que só foram criadas para atender interesses populistas momentâneos. O que se pode esperar de uma Agência Espacial de Brinquedo?

    Tem que fazer é isso mesmo, o pessoal que está dentro do PEB, tem que se armar de coragem e iniciativa e FAZER o que esse "governo" não faz.

    Chega de ficar pra lá e pra cá de pires na mão. Isso não vai levar a lugar nenhum !!!

    Tomara que essa iniciativa seja apenas o início de uma tomada de posição e uma mudança de atitude, ou melhor uma TOMADA de atitude por aqueles que fazem parte do PEB.

    FORÇA !!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Ouviu o Barulho no Céu? Entenda o Fenômeno Que Assustou os Brasileiros no Último Final de Semana

Operação CRUZEIRO: Primeiro Ensaio em Voo de um Motor Aeronáutico Hipersônico Brasileiro