SpaceLiner: Conheça o Avião Hipersônico Europeu

Olá leitor!

Segue abaixo uma matéria postada hoje (29/05) no site “Inovação Tecnológica” destacando o projeto do SpaceLiner, o novo Avião Hipersônico Europeu.

Duda Falcão

Espaço

SpaceLiner: Conheça o
Avião Hipersônico Europeu

Redação do Site Inovação Tecnológica
29/05/2013

[Imagem: DLR]
Há uma grande semelhança do hiperavião com os
antigos ônibus espaciais norte-americanos.

Aviões Hipersônicos

Enquanto alguns se perguntam se os aviões hipersônicos vão se tornar realidade, uma equipe europeia mostrou que os projetos para isso estão mais adiantados do que se imaginava.

Uma equipe da Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, Holanda, Itália e Suíça apresentou os resultados do projeto Fast20XX (Future high-Altitude high-Speed Transport - transporte futuro de alta altitude e alta velocidade, em tradução livre).

O avião hipersônico resultado do projeto foi batizado de SpaceLiner.

O que mais impressiona é a semelhança do hiperavião com os antigos ônibus espaciais norte-americanos.

O SpaceLiner será lançado na vertical, como um foguete.

A grande diferença é que o tanque principal é ele próprio um avião, que retorna e pousa normalmente em um aeroporto - nos ônibus espaciais, o tanque principal entrava em órbita e se queimava na reentrada, não sendo reaproveitado.

Os passageiros, contudo, vão a bordo do avião propriamente dito, uma autêntica cápsula espacial com capacidade para 50 passageiros.

Ela entra em órbita cerca de 8 minutos depois do lançamento, e desliza em microgravidade a Mach 20 - uma velocidade 20 vezes maior que a velocidade do som.

Isto deverá fazer com que os mais puristas levantem uma sobrancelha - os aviões hipersônicos propriamente ditos, cujos motores estão em desenvolvimento, pretendem atingir velocidades hipersônicas na atmosfera, e não no espaço.

De qualquer forma, os cálculos indicam que o SpaceLiner poderá pousar no outro lado do mundo cerca de 80 minutos depois do lançamento - o pouso também será feito em um aeroporto comum.

Hiperdesafios

[Imagem: DLR]
Ao contrário dos ônibus espaciais, que
apenas faziam um planeio, o SpaceLiner
terá um voo controlado até o aeroporto.
Martin Sippel, diretor do projeto, afirma que várias tecnologias ainda terão que ser desenvolvidas e testadas para que o SpaceLiner torne-se uma realidade: "O SpaceLiner é um desafio tanto em termos de tecnologia quanto de operações."

Contudo, de posse do projeto, as sete agências espaciais envolvidas já estão se concentrando na parte específica do desenvolvimento que tocou para cada uma - a integração do avião hipersônico ficará a cargo da DLR, a agência espacial alemã.

Um dos maiores desafios é o resfriamento do avião conforme ele reentra na atmosfera, atingindo temperaturas que deverão chegar aos 1.800º C.

A solução adotada foi o resfriamento ativo no nariz da aeronave e nos bordos de ataque das asas. A ideia é aspergir água a partir de componentes cerâmicos porosos, resfriando a superfície conforme a água se evapora.

Outro problema é lidar com a aerodinâmica variável a que o avião estará sujeito, em sua fase em órbita baixa, durante a reentrada, e em seu voo normal até o aeroporto.

Mas os pesquisadores vão dar uma atenção especial também aos passageiros. Afinal, astronautas são treinados para suportar um lançamento de foguete e uma reentrada na atmosfera. Será que o voo hipersônico será tolerável para passageiros fisicamente menos preparados?

Projeto Alpha

Tudo isso será testado antes que o SpaceLiner vire realidade.

Segundo Martin Sippel, os testes serão feitos pelo Projeto Alpha, um misto de avião e nave espacial que será lançado de um Airbus A330 a cerca de 14 quilômetros de altitude.

O Alpha levará dois passageiros e um piloto, e deverá atingir uma altitude de 100 quilômetros.

"O turismo espacial feito dessa forma deverá ser o primeiro passo e deverá ser alcançado nesta década. Será um teste para ver se existe mercado para esse tipo de veículo espacial," disse Sippel.


Fonte: Site Inovação Tecnológica

Comentário: Pois é leitor, veja você como a tecnologia espacial está se desenvolvendo rapidamente em diversas frentes em diversos países do mundo (como temos mostrado aqui no blog desde a sua criação) e olha que alguns dos quais não têm os mesmos recursos que o Brasil tem, mas tem algo que não temos, ou seja, visão e responsabilidade para com o futuro. É preciso fazer algo urgente para mudar a mentalidade desses energúmenos que estão no poder, caso contrario essa gente colocará o Brasil numa trajetória de atraso tecnológico sem volta, onde a dependência de nossa sociedade e a nossa estúpida incompetência estarão de mãos atadas num nó indesatável. Veja o caso do projeto do 14X (como exemplo próximo do projeto acima) que tinha seu primeiro voo tecnológico previsto para 2010, depois passou para 2011, depois para 2012, depois para 2013 e agora só mesmo Deus pode dizer quando esse troço vai voar. Nem mesmo contato com o coordenador do projeto tenho conseguido, pois o mesmo não responde aos e-mails que enviei, deixando-me naquela posição de não insistir para não passar por chato. Se o leitor me perguntar se acho que esse silêncio é proposital, começo achar que sim, pois talvez o seu coordenador não tenha nada a dizer que já não sabemos. Os técnicos e profissionais envolvidos especificamente com esse projeto e ai incluído o seu coordenador, não tem culpa pelo que está acontecendo e disso eu tenho certeza, e aqui aproveito para usar esse exemplo para mostrar ao leitor a situação que se encontra o Programa Espacial do país desde que a PresidentA DILMA e seus energúmenos assumiram o poder, situação essa que já era caótica e que nos últimos anos só fez piorar, apesar do que diz os seus representantes em suas propagandas enganosas. Sem uma ação efetiva e mais agressiva da Comunidade Científica Brasileira junto a esses energúmenos, e aí vale também para as outras áreas do conhecimento, temo pelo que possa acontecer não só com o PEB, mas com todo o setor de ciência e tecnologia do Brasil. Tá feia a coisa.

Comentários

  1. Sobre o projeto em si, eu acho fantástico o fato de eles já estarem publicitando e estarem usando os recursos técnicos disponíveis de forma prática, apesar de sabermos que levará provavelmente mais do que uma década até poderem aplicar os motores screamjet que já todos ouvimos falar e que vários países ambicionam.

    Sobre o comentário do Duda, principalmente a parte sobre o futuro cientifico do Brasil, acrescento o que tenho ouvido nestes últimos dias. Segundo a Marilena Chaui,"a classe média é violenta, fascista e ignorante", e até esta foi está sendo criticada pelos aliados do atual governo. Parece que o ideal é fabricar humildes e gente não pensante, e é isso que temo. Existem estudos que falam que em países esclarecido a população prefere sempre a democracia, e onde existe mais pobreza e menos estudo, existe a tendência para preferir ditaduras. Seria um desastre o Brasil fechar os mercados e eliminar a ciência e conhecimento.

    ResponderExcluir
  2. " ESTAR PASSANDO A HORA DE COLOCAR ORDEM NA CLASSE CIENTÍFICA BRASILEIRA"

    Nós amantes do PEB, estamos inconformados com a divulgação de detalhes negativos que prejudicam a ORDEM E PROGRESSO científico espacial brasileiro. Poderemos encontrar paz neste país de corrupto, mundo atribulado e recheados de escândalos ?
    Pergunto á todos, você tem esperança de testemunhar os lançamentos dos nossos grandes foguetes em Alcântara? Para muitos a resposta óbvia é NÃO!!!!! Pessoal ! nossa nação é rica de pessoas capazes de fazer gerar ciências, sem precisar de influência internacional, além desses ícones, não desejamos entrar em guerra com outras nações, conflitos políticos até agora, nem pensar, violência étnica ou terrorismo já mais. Mesmo que nós não enfrentamos essas calamidades, pode ser que sua PAZ seja perturbada em ler uma notícia promissora de outros países que buscam soberania na conquista espacial, e compara com a lentidão exacerbada de nossa tecnologia, a passos de tartaruga. O clima nos institutos geradores de tecnologia, também parece mais uma zona de guerra psicologia em torno dos projetos que dependem das MIGALHAS ofertadas pelos (DONOS DA RAZÂO E DA SABEDOIRA EM BRA), do que um refúgio de trabalho salutar em prol da ciência.
    Todos nós ansiamos ter ORGULHO de nossa nação em conquistar um pedacinho do espaço sideral! Outros esperam suprir uma lacuna , encontrando paz na construção de pequenos foguetes, turbinas, telescópios , balões com instrumentações científicas, em fim , sentado em uma cadeira de balanço, esperando algum dia, presenciar a passagem desse tormenta humano, que militam o nosso país.
    A causa para tudo isso é simples: " AMOR A PRIMEIRA VISTA DE DINHEIRO FÁCIL DA NAÇÃO BRASILEIRA", há mais felicidade em dividir o dinheiro da nação para CIÊNCIA , educação, segurança, saneamento, moradia e SAÚDE do que há em receber as propinas divididas pelos corruptos. Além disso, o trabalho diligente de políticos corretos , torna possível sermos generosos em sentido positivo, na época das eleições. O povo brasileiro ficam mais felizes, quando usam alegremente nossos recursos , a fim de incrementar a pesquisa espacial e tantos outros benefícios.
    Na maioria dos políticos indesejáveis e egoístas raramente dão alguma coisa ao país e, quando o fazem, talvez seja com segundas intenções. Muitas vezes, o problema dessas pessoas "DOENTES PSICOLOGICAMENTE" , é o amor ao dinheiro fácil da nossa NAÇÃO que, contrário às suas expectativas, quase sempre traz infelicidade para outros necessitados como o nosso PEB.
    Um dos motivos é que o desejo mais, mais, mais e mais dos cofres públicos, de politícos gananciosos por estas riquezas expostas as suas mãos é insaciável. O MERO AMANTE DA PRATA NÃO SE FARTARÁ DE PRATA, e sim do que o país o oferecem sem precedentes durante o período de seus mandatos. Assim, quem não ama realmente o progresso do BRASIL, se traspassa com frustações que parece não ter fim. Além disso , sua ganância o impede de bons relacionamentos com a parte cultural e científica, e de usufruir uma vida social completa, principalmente nas mídias, e até mesmo de dormir tranquilamente com uma consciência LIMPA, por ter lesado sua nação.

    ResponderExcluir
  3. Duda, perdona no sabía donde escribirte. Este es un tema interesante para difundir en tu blog.
    Saludos

    http://www.conae.gov.ar/prensa/AperturaEscuelaEpidemiologia2013.pdf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No tiene problema no Anónimo y muchas gracias por el envío de esa noticia. So lamento el hecho de usted no haber se identificado.

      Atentamente,

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial