Físico do CBPF Realiza Hoje Palestra Sobre Termodinâmica

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (28/05) no site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) destacando que o físico Fernando D. Nobre, pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), irá abordar a possibilidade de termodinâmica sem temperatura absoluta em palestra no dia de hoje.

Duda Falcão

Físico Aborda Possibilidade de
Termodinâmica Sem Temperatura Absoluta

Ascom do CBPF
28/05/2013 - 10:35

A temperatura é considerada um parâmetro fundamental em termodinâmica, ramo da física que estuda as condições para que efeitos térmicos possam ocorrer. Resultados de trabalhos recentes mostram que é possível considerar um conceito de temperatura efetiva, diferente daqueles estabelecidos na literatura, pelo fato de que esta pode ser variada experimentalmente.

No colóquio desta terça-feira (28), o físico Fernando D. Nobre, pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF/MCTI), pretende introduzir um novo conceito de temperatura efetiva associada a partículas interagentes, na ausência de ruído térmico, ou seja, em T=0.

Para isso, redefinindo as formas de troca de energia (calor e trabalho) da primeira Lei da Termodinâmica, ele pretende obter potenciais termodinâmicos, equação de estado e um análogo do ciclo de Carnot de maneira similar àquela concebida pela termodinâmica usual, com T>0.

Graduado em física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Nobre possui mestrado em física pela Universidade de São Paulo e doutorado pelo Imperial College of Science and Technology da University of London. Atualmente é pesquisador titular do CBPF e mantém produção na área da física da matéria condensada, atuando principalmente nos temas sistemas magnéticos desordenados, vidros de spins e mecânica estatística não extensiva.



Fonte: Site do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial