Técnicos Participam de Curso Prático no CPTEC

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (26/04) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que técnicos de diversas instituições participam de 25 a 29 de abril do “Curso Prático de Calibração de Sensores Meteorológicos” no Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) de Cachoeira Paulista (SP).

Duda Falcão

Técnicos Participam de Curso Prático de
Calibração de Sensores Meteorológicos

26/04/2011

No Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE), em Cachoeira Paulista (SP), técnicos de diversas instituições participam de 25 a 29 de abril do Curso Prático de Calibração de Sensores Meteorológicos.

Segundo Márcio Santana e Patrícia Guimarães, metrologistas do Laboratório de Instrumentação Meteorológica (LIM) do CPTEC/INPE, conceitos como rastreabilidade, calibração, verificação e estimativa da incerteza de medição são indispensáveis para evidenciar a qualidade dos dados da pesquisa ambiental.

O curso aborda conceitos da Metrologia Ambiental, de acordo com as recomendações e requisitos técnico-científicos das áreas de Meteorologia (WMO - World Meteorological Organization) e Metrologia (ISSO - International Organization for Standardization), de forma a capacitar os profissionais a avaliar o grau de confiabilidade das medições obtidas através da instrumentação meteorológica.

Participam do curso representantes da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Pará, Fundação ABC - Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário, Hobeco, Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica, Mineral Engenharia e Meio Ambiente, Infoper Informática e Comunicação, Wea Tecnologia, Fundagro, USP, UEA, UFRN, UFSC, UFBA, UNITINS, IFSC e INPE.


Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial