Rapidinha 1

Olá leitor!

Foguete Americano Castor 4B
do "Programa MAXUS"
* Segundo o que foi divulgado pelo mais recente “Programa de Lançamento” (março 2011) do Andoya Rocket Range (AAR), o lançamento do foguete VS-40 da “Operação SHEFEX-II” desta base de lançamento na Noruega , está previsto para ocorrer em setembro deste ano. Essa previsão vai de encontro ao que foi informado ao blog durante a realização do “5º SePP&D” pelo gerente do projeto do VS-40, o pesquisador Nelson Tavares, de que o lançamento estaria previsto para o mês de outubro. Caso o leitor queira verificar a programação completa do AAR, clique aqui.

* O foguete ao lado leitor é o Castor 4B de origem americana, utilizado pela Swedish Space Corporation (SSC) e a Astrium da Alemanha no “Programa MAXUS” para experimentos em ambiente de microgravidade.

Como já havíamos divulgado no relato da passagem do blog pelo “5º SePP&D”, por solicitação do “Centro Aeroespacial Alemão (DLR)” durante a reunião ocorrida com a força-tarefa do Ministério da Defesa (MD) enviada a Europa mês passado, este deverá ser o foguete substituído pelo foguete VS-50 brasileiro, a ser desenvolvido como etapa de desenvolvimento do VLM-1, que alias conta com a participação do próprio DLR.

Vale resaltar leitor que tanto o VS-50 quanto o VLM-1 serão compostos pelo novo motor S-50 de propulsão sólida atualmente em desenvolvimento pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE).

Duda Falcão

Comentários

  1. Duda,

    procure descobrir com seus contatos qual é o diâmetro deste motor S-50 que está em desenvolvimento. Se for de 1m, então ele é apenas um alongamento do motor S-43 usado no VLS. Se for diferente, ent5ão pe um projeto novo otimizado.

    ResponderExcluir
  2. Olá Leandro!

    Tudo certinho amigo? Olha é um novo motor. Ele terá 11 toneladas de propelente sólido a base de HTPB/AP/A1 carregado em envelope de material compósito, equipado com tubeira móvel para controle do vetor empuxo. Além disso o motor deverá ter um diametro na faixa de 1,35-1,40 m e comprimento de 5 m. Tá ok amigo?

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir
  3. Com estas características então é certamenmte um motor novo mesmo, da categoria do Castor 4 da Thiokol. Ainda é um motor relativamente pequeno, mas já é uma boa notícia saber que o IAE ainda pode desenvolver novos projetos de motores, apesar de tudo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Lucas!

    Verdade amigo o S-50 ainda é um motor pequeno, porém o próximo será o P40, de 40 toneladas, esse sim um motor bastante significativo. Entretanto tudo dependerá do governo DILMA e é aí que a coisa pega.

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial