Defesa Civil do RS participa de Treinamento do INPE

Olá leitor!

Depois de uma viagem agradável a acolhedora cidade pernambucana de Bezerros, apesar de cansado, retorno ao meu trabalho de divulgação no blog. Assim sendo, segue abaixo uma nota postada dia (28/04) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que profissionais da “Defesa Civil” do RS participaram dia 28/04 de um treinamento sobre a operação do “Sistema de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (SISMADEN)”.

Duda Falcão

Defesa Civil do RS Participa de Treinamento
Sobre Sistema de Alerta do INPE

28/04/2011

Profissionais da Defesa Civil do Rio Grande do Sul participaram nesta quinta-feira (28/4) de um treinamento sobre a operação do Sistema de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (SISMADEN), desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Este é o segundo treinamento para a Defesa Civil realizado no Centro Regional Sul do INPE, em Santa Maria, onde funciona o Núcleo de Pesquisa e Aplicação em Geotecnologias para Desastres Naturais e Eventos Extremos para a Região Sul do Brasil e Mercosul (Geodesastres-Sul).

Ministrado pelo meteorologista Rodrigo da Silva Pereira, responsável pela operação do SISMADEN no Geodesastres-Sul, o treinamento detalhou o sistema e orientou sobre como analisar os alertas.

Desde o início do mês de março o SISMADEN está em fase de testes para todo o Rio Grande do Sul, como resultado da colaboração entre INPE e Defesa Civil do Estado. “Este período de teste é essencial para os ajustes no sistema, qualificação do pessoal de operação e dos usuários dos alertas, antes de entrar em operação efetiva”, comenta Tânia Maria Sausen, coordenadora do Geodesastres-Sul.

O SISMADEN é uma ferramenta gratuita, disponibilizada na Internet (www.dpi.inpe.br/sismaden), que permite o fornecimento de dados e informações sobre desastres naturais iminentes. Utilizando este software de geoprocessamento, instituições sociais e esferas governamentais (como a Defesa Civil) podem prever a ocorrência desses eventos com antecedência, possibilitando a tomada de decisões e providências que minimizem seus impactos, salvando vidas e patrimônios.

SBSR

A coordenadora do Núcleo Geodesastres-Sul, do INPE, Tânia Maria Sausen, apresentará no dia 4 de maio (quarta-feira), às 13h30, uma avaliação dos prejuízos causados por inundações no Rio Grande do Sul durante o XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR). Também está prevista uma apresentação sobre monitoramento de estiagem no Sul do Brasil.

Já uma aplicação do SISMADEN, para alerta da qualidade da água do rio Paraíba do Sul, será apresentada no mesmo dia, às 14h30, por Eymar Silva Sampaio Lopes, pesquisador do INPE e desenvolvedor do sistema.

O SBSR, que acontece de 30 de abril a 5 de maio no Estação Convention Center, em Curitiba, mostrará uma série de trabalhos sobre o uso de tecnologias espaciais, como imagens de satélites e sistemas de informações geográficas, para análise de riscos ambientais.

A programação completa do XV SBSR está disponível no site www.dsr.inpe.br/sbsr2011

Treinamento foi realizado no Centro Regional
Sul (CRS) do INPE, em Santa Maria


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial