Eugene Parker, Ministrará Palestras no INPE

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (20/04) no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) destacando que o “Pai” do vento solar, Professor Emeritus do Departamento de Astronomia e Astrofísica e do Instituto Enrico Fermi, da Universidade de Chicago, Eugene Parker, visitará o INPE e ministrará palestras nos dias 26, 28 e 29/04.

Duda Falcão

Eugene Parker, “Pai” do Vento Solar,
Visita o INPE e Realiza Palestras

20/04/2011

O Programa de Pós-Graduação em Geofísica Espacial do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) receberá o Professor Emeritus do Departamento de Astronomia e Astrofísica e do Instituto Enrico Fermi, da Universidade de Chicago, Eugene Parker. Responsável por estabelecer novas perspectivas no estudo de ventos solares e outros fenômenos cosmológicos, Eugene Parker realizará uma série de três palestras, nos dias 26, 28 e 29 de abril.

Nascido em junho de 1927, Eugene Parker é astrofísico solar formado em Física pela Universidade Estadual de Michigan em 1948, tendo obtido em 1951 seu Ph.D. na Caltech. Em 1958, Parker desenvolveu uma teoria prevendo a existência de um fluxo supersônico contínuo de partículas sendo emitido pelo Sol, o que se conhece hoje como "vento solar".

Sua explicação teórica opunha-se à idéia existente na época, a qual considerava que havia fluxos de partículas esporádicos oriundos do Sol, tidos então como as causas das tempestades geomagnéticas. Sua idéia, de um vento solar contínuo, chegou a ser desacreditada até a confirmação observacional de sua existência em 1960, por meio das sondas soviéticas Lunik 2 e Lunik 3 e, mais tarde, em 1962, pela sonda americana Mariner 2.

Recebeu várias condecorações ao longo de sua carreira, como a "Gold Medal of the Royal Astronomical Society”, em 1992; a “Bruce Medal”, em 1997, da Sociedade Astronômica do Pacífico; o Prêmio Kyoto, em 2003, concedido pela Fundação Inamori do Japão; e o Prêmio James Clerk Maxwell, em 2003, da Sociedade Americana de Física.

“Eugene Parker é candidato ao Prêmio Nobel de Física, representando a área de Ciências Espaciais. Após Chandrasekar, Van Allen e Alfvén, todos já laureados, ele seria o próximo forte candidato”, afirma Walter D. Gonzalez, pesquisador do INPE. “A visita ao INPE se originou de uma série de discussões que tive com ele e com V. Vasyliunas, diretor do Instituto Max-Planck, sobre conceitos básicos em plasmas espaciais, com troca de e-mails ao longo de quase um ano. Assim, o objetivo da vinda deste pesquisador é apresentar suas idéias sobre vários desses conceitos fundamentais para uma audiência brasileira, principalmente formada por estudantes de pós-graduação”, complementa.

A visita de Eugene Parker tem o apoio do Programa de Excelência (PROEX) da CAPES, do qual o Programa de Pós-Graduação em Geofísica Espacial do INPE faz parte.

Palestras

Serão ministradas por Eugene Parker as seguintes palestras, no INPE de São José dos Campos (SP).

Dia 26 (terça-feira): "Hydrodynamics and Magnetohydrodynamics in Collisionless Plasmas - Part A", às 10 horas, no auditório do IAI.

Dia 28 (quinta-feira): "Hydrodynamics and Magnetohydrodynamics in Collisionless Plasmas - Part B", às 10 horas, no auditório do IAI.

Dia 29 (sexta-feira): "Magnetic Reconnection, Field Line Topology, and Stellar X-ray Emission", às 10 horas, no auditório Roger Honiat, no LIT.

  Eugene Parker
Crédito-Imperial College London, South Kensington Campus, London 


Fonte: Site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Por Que a Sétima Economia do Mundo Ainda é Retardatária na Corrida Espacial