"AAB - Concurso de Missões para Mini-Satélites"

Olá leitor!

Segue abaixo o boletim de nº 208 divulgado hoje (22/03) pela Associação Aeroespacial Brasileira (AAB) comunicando o lançamento do seu 'concurso' para a proposição de missões espaciais compostas com satélites de até 50 kg.

Duda Falcão

AAB Boletim 208
22 mar 2012

"AAB - Concurso de Missões para Mini-Satélites"

A Associação Aeroespacial Brasileira (AAB) comunica à comunidade espacial, acadêmica, industrial, pública e privada brasileira o lançamento do seu concurso para a proposição de missões espaciais compostas com satélites de até 50 kg.

O concurso tem uma vertente internacional e uma nacional. A primeira será conduzida em conjunto com a "2nd Mission Idea Contest for Micro/Nano Satellites Utilization" organizada pela UNISEC (University Space Engineering  Consortium), do Japão.

O concurso nacional será composto por aquelas propostas nacionais participantes do concurso da UNISEC, enviadas através da AAB.

Os objetivos, regulamento, calendário, premiação e outras informações podem ser encontradas em:


Mais Informações:  aab.camms@aeroespacial.org.br

Elabore sua proposta, participe do concurso da UNISEC, e em paralelo do concurso da AAB, e  faça sua idéia ir "pro espaço" (literalmente !).

A AAB incentiva sua participação !

--

AAB - Associação Aeroespacial Brasileira
Caixa Postal 6015
12228-970 São José dos Campos – SP


Fonte: Boletim da Associação Aeroespacial Brasileira (AAB)

Comentário: Hummm, interessante notícia que me faz imaginar que essa iniciativa visa criar no futuro uma demanda para o Veículo Lançador de Microsatélites (VLM-1) que já se encontra em fase de desenvolvimento. Parabéns a Associação Aeroespacial Brasileira (AAB) pela iniciativa e vamos em frente.

Comentários

  1. Quais são os motores do VLM-1?? Eles já estão desenvolvidos ou são motores novos criados apenas para ele???

    ResponderExcluir
  2. Olá Heverton!

    O VLM-1 será constituido de dois motores S50 (que já estão em desenvolvimento) nos dois primeiros estágios e o motores-foguetes líquidos L5, ou L15 ou até mesmo um motor de origem sueca em seu terceiro e último estágio, dependendo aí da missão a ser cumprida. O motor sólido S50 é um novo motor e deverá a pedido do alemães (DLR) ser usado também em um novo foguete de sondagem a ser desenvolvido pelo IAE chamado VS-50, tá ok?

    Abs

    Duda Falcão
    (Blog Brazilian Space)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Da Sala de Aula para o Espaço

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Rússia Oferece ao Brasil Assistência no Desenvolvimento de Foguetes