Marcelo Gleiser: 'Ciência Nunca Vai Terminar’

Olá leitor!

Segue abaixo uma notícia publicada dia (19/11) no site do jornal “Diário do Nordeste” destacando que durante palestra em Fortaleza o físico e astrônomo brasileiro Marcelo Gleiser, afirmou que: "A ciência nunca vai terminar porque ela sempre está se renovando. Vivemos em um processo de descobertas constantes sobre o Universo".

Duda Falcão

CIDADE

Universo

Gleiser: 'Ciência Nunca Vai Terminar’

Em Fortaleza, o físico e astrônomo Marcelo Gleiser
brinca com o anúncio de que o mundo vai acabar em 2012

Publicado em 19/11/2011

FOTO: NATINHO RODRIGUES
O físico falou sobre as centenas de
bilhões de galáxias no Universo
"A ciência nunca vai terminar porque ela sempre está se renovando. Vivemos em um processo de descobertas constantes sobre o Universo". A afirmação é do físico e astrônomo Marcelo Gleiser, que ministrou palestra, na noite de ontem, durante o XVI Encontro da Associação Brasileira de Planetários, no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Com o tema "O que sabemos e o que não sabemos sobre o Universo", Gleiser abordou assuntos como sistema solar, história da vida na Terra, organização das galáxias, Teoria do Big Bang, dentre outros temas ligados ao Universo, esse ser misterioso que já existe há de 13,7 bilhões de anos.

De acordo com Gleiser, existem centenas de bilhões de galáxias no Universo, cada qual com histórias e formas diferentes. As estrelas que vemos no céu, por exemplo, são apenas uma pequena parcela das que existem. As primeiras estrelas, conforme o físico, surgiram há 200 milhões de anos. "Já se fala na existência de outros universos, mas nada está provado. Será que vivemos num multiverso?", indaga, cogitando a possibilidade de vida extraterrestre.

De maneira divertida, ele garantiu ao público que o mundo não vai acabar em 2012, como muitos acreditam, mas somente daqui a 5 bilhões de anos, caso o sol entre em colapso. Se isso ocorrer, explica o físico, a intensidade do sol poderá aumentar 10% em 1 bilhão de anos, o que seria suficiente para comprometer a Terra.

Entrevista com o Físico e Astrônomo Marcelo Gleiser



Fonte: Site do Jornal Diário do Nordeste - 19/11/2010

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Top 5 - Principais Satélites Brasileiros

Da Sala de Aula para o Espaço

O CLA e Sua Agenda de Lançamentos Até 2022